Google reforça-se contra a fraude na publicidade online

178803486_2A Google chegou a acordo para adquirir a Spider.io, uma startup britânica especializada na detecção e combate à fraude na publicidade online.

O acordo, que foi anunciado na passada sexta-feira, permitirá à gigante tecnológica reforçar o seu arsenal no combate a um dos maiores problemas que as empresas de internet e anunciantes enfrentam actualmente. De acordo com o Financial Times, a fraude na publicidade online custa a estas companhias cerca de 10 mil milhões de dólares (7,3 mil milhões de euros) por ano.

Por norma, os anunciantes pagam pela publicidade colocada online em função do volume de cliques gerados, um item que é utilizado para medir a eficácia e alcance da mensagem e ponderar novos investimentos publicitários. Porém, existem determinados esquemas utilizados por piratas informáticos que permitem manipular estes resultados, como a obtenção de cliques falsos e automáticos em massa a partir de computadores infectados com vírus (um processo designado por “botnet”). Ao longo dos últimos três anos, a Spider.io foi responsável pela identificação e captura de alguns dos piratas informáticos que mais lucraram com estes esquemas.

Com esta operação, a Google irá integrar a tecnologia da Spider.io nas suas plataformas publicitárias. «A longo prazo, o nosso objectivo passa por melhorar as métricas que os anunciantes utilizam para determinar o valor dos meios digitais e fornecer uma imagem mais clara de quais as campanhas e meios que realmente apresentam resultados fortes», afirma Neal Mohan, vice-presidente de Display Advertising da Google.

«A publicidade ajudou a fundar o mundo digital que todos adoramos – os vídeos inspiradores, os websites informativos, as aplicações divertidas e os serviços que nos ligam com os nossos amigos em todo o mundo. Mas este ecossistema vibrante só continuará a crescer se os marketeers comprarem espaço publicitário na certeza de que os seus anúncios atingem pessoas reais, e que os resultados que vêem são baseados num interesse verdadeiro», conclui Neal Mohan.

De acordo com o Financial Times, o mercado global da publicidade online vale já 116 mil milhões de dólares (84,3 mil milhões de euros).

Ler Mais
Artigos relacionados
Comentários
A carregar...

Multipublicações

Human Resources
Outubro 2019
Automonitor
Já viu o novo ultracompacto 100% elétrico da Toyota?