Google pode substituir passwords por ondas de som

slicklogin_2A Google chegou a acordo para adquirir a SlickLogin, uma startup israelita que desenvolveu uma tecnologia que permite que os websites verifiquem a identidade do utilizador através das ondas de som, como alternativa ou complemento aos sistemas de segurança tradicionais.

A empresa israelita foi fundada em Dezembro de 2013 por Or Zelig (presidente executivo), Eran Galili (chief technology officer) e Ori Kabeli (vice-presidente de Investigação e Desenvolvimento), formados pela unidade de segurança cibernética IDF – Israel Defense Forces.

De acordo com a BBC, os três sócios têm vindo a desenvolver um sistema que permite enviar uma onda de som específica através das colunas do computador, a qual é depois captada por uma aplicação móvel instalada no smartphone do utilizador. A app analisa o som e envia um sinal de volta a confirmar a identidade do utilizador.

O negócio com a Google foi confirmado pela SlickLogin no seu site oficial. “Anunciamos que a equipa da SlickLogin vai juntar-se à Google, uma companhia que partilha as nossas crenças de que a autenticação na internet deve ser fácil e eficaz em vez de frustante. A Google foi a primeira empresa a oferecer um sistema de verificação duplo de forma gratuita – e está a trabalhar em grandes ideias que vão tornar a internet mais segura para todos. Não podíamos estar mais entusiasmados por participar nestes projectos”, afirmam os três sócios da SlickLogin, sem adiantar o montante envolvido na operação.

A equipa da SlickLogin vai assim juntar-se ao centro de Investigação e Desenvolvimento (I&D) da Google em Israel. Segundo o site especializado em tecnologia Mashable, a companhia norte-americana possui cerca de 450 empregados, sobretudo engenheiros, naquele país.

Artigos relacionados
Comentários
A carregar...

Multipublicações

Human Resources
Qual é, afinal, o papel do líder?
Automonitor
Maratonas condicionam trânsito em Lisboa (conheça as vias afetadas)