Goldenergy apoia surf português

A Goldenergy assinou um acordo de patrocínio com a Federação Portuguesa de Surf. Na sequência deste acordo, a empresa dedicada à comercialização de energia e gás natural irá apoiar as selecções nacionais de surf, open e júnior. O primeiro grande objectivo em cima da mesa é assegurar a presença de atletas portugueses pela primeira vez nos Jogos Olímpicos.

O caminho para o Japão, onde a competição se realizará no próximo ano, faz-se nos ISA World Surfing Games. Até domingo, dia 15, os surfistas portugueses apoiados pela Goldenergy vão provar o que valem nas ondas da praia de Miyazaki.

«É com muito entusiasmo que a Goldenergy está nesta parceria com a Federação Portuguesa de Surf, através da qual acompanhará os seus atletas com muito boa energia em todas as provas, incluindo o seu percurso até aos Jogos Olímpicos de 2020, onde assistiremos à estreia do surf como modalidade olímpica», comenta Miguel Checa, director-geral da Goldenergy.

Segundo o mesmo responsável, a Goldenergy encontrou no surf um desporto em linha com a sua visão de respeito pelo ambiente, uma vez que a missão da empresa é «dar a conhecer a importância das energias renováveis e como cada um de nós pode ajudar a tornar o nosso meio ambiente mais sustentável».

João Aranha, presidente da Federação Portuguesa de Surf, acrescenta que o surfista está dependente da natureza e do meio ambiente para poder desfrutar da sua modalidade. Nesse sentido, o apoio da Goldenergy é muito importante, já que «é conhecida pelo seu selo de energia 100% verde, sendo empresa que trabalha todos os dias para um futuro energeticamente sustentável».

Artigos relacionados
Comentários
A carregar...

Multipublicações

Human Resources
Isabel Barros distinguida com prémio «Excelência» na liderança. Foi a única portuguesa
Automonitor
Portugal a caminho de bater recorde de produção anual