Gatos superam cães no aumento dos gastos em comida

Em Portugal, os cães ganham aos gatos na dimensão do mercado de alimentação para animais. Porém, a maior evolução regista-se junto dos gatos, com um crescimento de 7% no valor gasto em ração e produtos semelhantes, totalizando 97,1 milhões de euros. Os cães, por seu turno, viram os gastos em alimentação subir apenas 2% para 107,7 milhões de euros.

Os dados são da Nielsen, que decidiu celebrar o Dia Mundial do Animal, assinalado já amanhã, com a divulgação de dados referentes ao último ano móvel, findo na semana 36 deste ano.

Segundo a Nielsen, a dimensão em volume também é maior para os cães mas com um crescimento mais acentuado no caso dos gatos. Os portugueses compraram 86,4 milhões de quilos de alimentação para cães, no decorrer do último ano, mais 1% do que no mesmo período anterior. A alimentação para gatos viu o seu volume crescer 6% para 36,2 milhões de quilos.

O mesmo estudo indica que 33% dos lares em Portugal Continental compraram produtos para cão desta categoria, ao longo do último ano. A média é de 10 compras, num volume de 4,67kg por visita e num valor de 5,19 euros também por visita.

No caso dos gatos, 37% dos lares portugueses adquiriram alimentação, sendo que a média foi de 18 vezes durante o período analisado. Por visita, compraram 1,63kg e gastaram 4,40 euros.

Maria Ana Góis, Client consultant senior da Nielsen, justifica a diferença no número de idas ao supermercado ou loja de animais com o facto de existirem embalagens de comida para cão maiores e mais pesadas.

Ler Mais
Artigos relacionados
Comentários
A carregar...

Multipublicações

Human Resources
Human Resources ultrapassa marca dos 115 000 seguidores no LinkedIn
Automonitor
Vídeo: Mesa redonda da 2ª conferência do AUTOMONITOR