Gastos em publicidade vão crescer 4,2% em 2016

Durante o próximo ano, as marcas vão gastar, no geral, mais 4,2% em publicidade e a rácio entre o dinheiro gasto em anúncios e o total de receitas vai aumentar 2%. Estas são as principais conclusões do estudo “Advertising Ratios and Budgets” da Schonfeld & Associates.

Carol Greenhut, presidente da Schonfeld & Associates e autora do estudo, explica que, na verdade, o aumento de pouco mais de 4% nos gastos em campanhas publicitárias representa apenas um crescimento modesto. A executiva garante, ainda assim, que os números revelam que estamos a voltar a níveis de investimento semelhantes aos do período pré-recessão.

A 39ª edição do estudo coloca a indústria automóvel no primeiro lugar dos sectores que mais irão gastar em publicidade, em 2016. Marcas como a Ford, Honda, Toyota e Volkswagen vão gastar mais de 1,8 mil milhões de euros, cada uma.

O segundo sector que mais deverá investir será o alimentar, com as empresas cujas ofertas sejam diversificadas a gastar cerca de 27,3 mil milhões de euros ao todo em publicidade.

Já o terceiro lugar vai para a categoria de comunicações sem fios. De acordo com o estudo, a indústria de serviços wireless deverá gastar aproximadamente 20 mil milhões de euros em estratégias de publicidade.

Quanto à maior queda, a Schonfeld & Associates aponta o sector farmacêutico devido a uma quebra de 1,7% nas previsões para o próximo ano.

Ler Mais
Artigos relacionados
Comentários
A carregar...

Multipublicações

Human Resources
Isabel Barros distinguida com prémio «Excelência» na liderança. Foi a única portuguesa
Automonitor
Portugal a caminho de bater recorde de produção anual