Gant regressa a Portugal com expansão em vista

Depois de ter fechado portas em Janeiro de 2018, a Gant anunciou o seu regresso a Portugal, desvendando planos de investimento para o mercado que passam pela criação de espaços próprios.

Os planos de expansão incluem a abertura de cinco lojas Gant e a distribuição da marca por diversos pontos de venda. A marca está presente em pontos de venda premium, como El Corte Inglés e Marques Soares, mas agora vai concentrar-se na expansão, com aberturas de lojas em todo o país.

A primeira loja Gant será inaugurada no Oeiras Parque, no próximo dia 12. Seguir-se-á outro espaço no Centro Comercial Amoreiras, em Junho. Está prevista a abertura de nojas lojas no Outono e no início de 2020.

«Gostaria de prestar homenagem a Portugal, que é um mercado importante para a Gant por várias razões. Muitos dos nossos melhores produtos são fabricados lá e é um mercado em que a marca já está bem implementada e valorizada, temos muitos clientes fieis. Estou muito satisfeito por estarmos de volta e gostaria de celebrar isso juntamente com o nosso aniversário de 70 anos», refere Brian Grevy, CEO da Gant.

A Gant Portugal passa a integrar o Grupo Gant enquanto subsidiária, replicando o que aconteceu na Suécia, Reino Unido, França, EUA, Benelux (Bélgica, Países Baixos e Luxemburgo), Suíça, Áustria e Alemanha.

A marca informa que, de forma a fortalecer o mercado, reforçar a equipa e liderar a próxima fase, recrutou, internamente, Martin Mattson, que desempenhava o cargo de Global Business Development Diretor. Assumirá, agora, o cargo de Managing Director da Gant Iberia.

Ler Mais
Artigos relacionados
Comentários
A carregar...

Multipublicações

Human Resources
Assista em directo à XVIII Conferência Human Resources
Automonitor
Hertz e Jeep lançam serviço de aluguer de tendas rooftop