“Game of Thrones” entre as séries mais usadas pelos hackers

“Game of Thrones”, “The Walking Dead” e “Arrow” são as séries mais utilizadas por hackers para espalhar vírus, nomeadamente malware. De acordo com uma investigação levada a cabo pela Kaspersky Lab, os piratas informáticos estão a recorrer aos novos episódios de algumas das séries mais populares para atacar os dispositivos de utilizadores de todo o mundo.

O risco é especialmente elevado para quem recorre a torrents, sites de streaming online ou outros métodos de distribuição digital ilegal. Ao contrário do que acontece com os recursos legítimos, estas opções podem ter arquivos hospedados que se fazem passar por episódios mas que, na verdade, são malware.

No ano passado, “Game of Thrones” foi responsável por 17% de todo o conteúdo malicioso pirateado, registando mais de 20 mil pessoas atacadas: os hackers privilegiam os primeiros e últimos episódios de cada temporada, sendo que o episódio de estreia da primeira temporada foi o mais usado para disseminar ataques.

“The Walking Dead” e “Arrow” são as séries que se seguem, com mais de 18 mil e 12 mil pessoas atacadas, respectivamente.

Anton V. Ivanov, investigador de segurança da Kaspersky Lab, explica que os hackers optam por dramas ou séries de acção que sejam promovidos activamente. Além disso, costumam explorar a fidelidade e falta de paciência das pessoas, prometendo material novo para download – que se vem a revelar uma ciberameaça.

«Lembrando que a última temporada de ‘Game of Thrones’ começa este mês, gostaríamos de avisar os utilizadores que, muito provavelmente, haverá um pico na quantidade de malware disfarçado nos novos episódios da série», alerta o mesmo responsável.

Ler Mais
Artigos relacionados
Comentários
A carregar...

Multipublicações

Human Resources
Patrões portugueses são os menos instruídos da Europa
Automonitor
História: O dia em que o Papamóvel foi salvo