O que pode a Selecção fazer pelos portugueses?

Faltam menos de duas semanas para o início do Euro 2012, que será marcado pelo apito nos estádios da Polónia e da Ucrânia a 8 de Junho. Para assinalar o evento, a Galp Energia lança hoje “11 por todos, todos por 11”, uma campanha de apoio à Selecção Nacional de Futebol, que pretende criar um movimento recíproco entre a equipa das Quinas e os restantes portugueses. No fundo, a iniciativa tem por objectivo mostrar não só o que os adeptos podem fazer pela Selecção, mas sobretudo o que os jogadores podem fazer por Portugal e pelos portugueses.

O movimento arrancou nas redes sociais, com a página “11 por todos, todos por 11”, e culminou com o momento em que um rapaz de 14 anos transmite aos jogadores da Selecção, no estágio em Óbidos, os seus desejos para o futuro e o papel que os próprios atletas podem assumir nesse percurso. Este momento foi, aliás, filmado, e começa hoje a ser transmitido em televisão, como parte da estratégia de comunicação da Galp Energia para o Euro 2012.

Além deste filme foram criados três spots adicionais, no formato de “apanhados”, em que Fábio Coentrão, Miguel Veloso e João Moutinho apoiam várias pessoas em momentos mais tensos, de forma inesperada. Estudantes a preparar-se para exames e pais nervosos na sala de espera de uma maternidade são algumas das situações em que portugueses foram surpreendidos e apoiados pelos jogadores.

A campanha é ainda composta por um poster onde os jogadores, na pose habitual, surgem vestidos com indumentárias de diversas profissões, representando o País e todos os portugueses. Esta imagem estará disponível em todos os postos da rede da Galp Energia, onde serão também disponibilizadas tatuagens e t-shirts com o logótipo do movimento “11 por todos e todos por 11”.

Sem revelar valores de investimento na campanha “11 por todos e todos por 11”, a Galp Energia adiantou ao Diário Económico que esta representa mais de 50% do orçamento da marca para publicidade e patrocínios em 2012.

Como informa o mesmo meio, esta é a primeira campanha desenvolvida pela agência “O Escritório”, de Tiago Canas Mendes e Nuno Jerónimo, para a marca. As anteriores contavam com assinatura da BBDO, agência com a qual a insígnia ainda trabalha.

A campanha desenrola-se ao som da “Canção do Mar”, por “reunir elementos importantes da simbologia nacional, por ser conhecida e porque é uma canção sobre Portugal, não sobre futebol”, explica a Galp Energia numa missiva enviada às redacções.

 
Ler Mais
Artigos relacionados
Comentários
A carregar...

Multipublicações

Human Resources
Mercer: Power to the people
Automonitor
Primeiras imagens oficiais do novo VW Golf