Frutas e legumes impulsionam mercado de frescos

O mercado de frescos está a recuperar a sua importância no segmento dos fast-moving consumer goods (FMCG), representando 28,5% do volume total – o maior pico dos últimos cinco anos. Em valor, representa 36,6% do bolo.

A origem dos bons resultados referentes ao terceiro trimestre deste ano está no crescimento das categorias frutas e legumes que contribuíram 59% e 36%, respectivamente, de acordo com dados do Kantar Worldpanel.

O mesmo relatório indica ainda que se verificou um aumento médio de 2% do número de compradores semanais de frescos. Frutas, legumes e pastelaria lideram o aumento do tráfego: as duas primeiras chegam à quase totalidade dos lares portuguesas e a última está presente em 51%.

O Kantar Worldpanel considera que o crescimento verificado vai ao encontro da tendência de aumento da presença de alimentos saudáveis nas despensas dos portugueses. A alimentação caseira, confeccionada pelos próprios consumidores, também está a ganhar terreno à comida embalada, sobretudo nos lares mais jovens que procuram sabor e redução de custos.

Promoções

Ao contrário do que acontece com outras categorias de produtos, os frescos apresentam uma dependência promocional bastante baixa, o que significa que raramente são comprados exclusivamente por se encontrarem em promoção. Apenas no bacalhau, pastelaria, peixes e mariscos, consideradas categorias de compra mais esporádica, é que existem mais compradores exclusivos de promoção.

A actividade promocional nos frescos pode ter outra consequência: os consumidores acabam por diversificar os produtos que compram ao escolherem artigos que habitualmente não comprariam. “É o caso do pão fresco, legumes, frutas e charcutaria, categorias que registam as cestas, em promoção, com maior aproximação ao premium”, refere o mesmo estudo.

Ler Mais
Artigos relacionados
Comentários
A carregar...

Multipublicações

Human Resources
A sua empresa pode fazer sorrir crianças hospitalizadas. Saiba como.
Automonitor
Novo Alpine A110S pronto para encomendar em Portugal