Frigoríficos e computadores antigos formam escultura gigante em Belém

Uma instalação artística composta por mais de 200 equipamentos eléctricos antigos invadiu a zona de Belém, em Lisboa. Todos juntam, os frigoríficos, máquinas de lavar, telemóveis, computadores, torradeiras, máquinas de café, entre outros, formam um símbolo da reciclagem gigante.

O objectivo da iniciativa é alertar para a importância de reciclar correctamente estes artigos, pelo que a própria instalação inclui também um depósito, em ferro, onde as pessoas podem colocar, até domingo, dia 16 de Outubro, pequenos equipamentos eléctricos.

«A acumulação de equipamentos eléctricos usados, em especial dos pequenos aparelhos, constituiu um problema porque muitos possuem componentes perigosos que precisam de ser descontaminados em unidades especializadas. Por outro lado, ao retirar estes pequenos aparelhos da gaveta e encaminhá-los para reciclagem, estamos a diminuir a necessidade de extracção de matéria-prima para a produção de novos equipamentos, o que é crítico tendo em conta a escassez de matérias-primas, outro problema global», refere Pedro Nazareth, CEO do Electrão, entidade que promete a instalação.

O símbolo gigante da reciclagem – que pode ser encontrado na Praça da Guitarra (junto da Estátua da Guitarra na Proa) – resulta de uma parceria entre o Electrão e o WEEE Forum no sentido de assinalar o Dia Internacional dos Resíduos Eléctricos. A esta instalação juntam-se conteúdos nas redes sociais, que envolvem produtores e parceiros operacionais.





loading...