Festival com curadoria de Vhils muda-se para Lisboa

Depois de duas edições em Oeiras, o Festival Iminente está de malas feitas para um novo destino: o Panorâmico Monsanto, em Lisboa. Com curadoria de Vhils e da Underdogs, o evento está marcado para os dias 21, 22 e 23 de Setembro.

Uma vez mais, o festival juntará música e arte urbana, oferecendo ao público uma programação repleta de concertos mas também de instalações. “Iminente é tudo o que está a acontecer ou está prestes a acontecer. É a materialização de um movimento criativo que ao longo dos últimos anos adicionou contemporaneidade e criatividade à cena artística e musical portuguesa. Um movimento que aqui encontrou o seu palco”, explica a organização.

Conan Osiris, Valete, Norberto Lobo, Carlão, Sara Tavares e Gisela João são alguns dos músicos confirmados. Wasted Rita, Sónia Balacó, e Error 43 estão entre os que integram a lista de artistas.

Este ano, além de nomes portugueses, a aposta vai também para a criação internacional. No campo da música, Omar Souleyman e Bonga são alguns dos destaque; na arte, surgem o espanhol Pichiavo e o luso-francês André Saraiva.

Os bilhetes para o Festival Iminente são colocados à venda no dia 4 de Setembro, às 16h, sendo que só serão disponibilizados 4500 bilhetes por dia.

Artigos relacionados
Comentários
A carregar...

Multipublicações

Human Resources
Desafio Global reforça equipa
Automonitor
Produção de carros em Portugal cresce 10% em setembro