Feira do Livro de Lisboa bate recorde de visitantes

Mais de meio milhão de pessoas passaram pela Feira do Livro de Lisboa, cuja 87.ª edição decorreu entre 1 e 18 de Junho. Segundo a organização, trata-se de um novo recorde relativamente ao número de visitantes, sendo que esta edição foi também a maior em termos físicos.

Os dados são de um estudo realizado pela IPSOS APEME, segundo o qual o nível de satisfação dos visitantes com a feira e as suas infra-estruturas mantém os níveis elevados de anos anteriores. Os serviços para crianças, eventos e programação foram os pontos altos, de acordo com os inquiridos.

O estudo refere que os visitantes procuraram a feira não só para comprar livros mas também para encontrar alguns dos seus autores predilectos, assistir a lançamentos e debates e ainda aproveitar as opções de restauração. Em média, 30 mil pessoas passaram na Feira do Livro de Lisboa por dia.

«A fasquia era alta e já desde o ano passado queríamos atingir a barreira do meio milhão de visitantes», conta Bruno Pires Pacheco, secretário-geral da APEL, que organiza o evento. Relativamente ao perfil de visitantes, mulheres e jovens predominam, bem como pessoas com formação universitária. Cerca de 11% dos visitantes foram acompanhados de crianças, principalmente entre os seis e os 12 anos.

“Dar nova vida ao livro”

A edição deste ano da feira contou ainda com a campanha “Dar nova vida ao livro”, através da qual foram angariados mais de sete mil livros. A iniciativa, promovida pelo Banco dos Bens Doados (Entrajuda), registou um aumento de três mil livros face a 2016.

As obras angariadas vão ser distribuídas pelas instituições do Banco dos Bens Doados. Marta Vinhas, da Entrajuda, refere que o resultado conquistado mostra que a «iniciativa de responsabilidade social já faz parte da feira e dará momentos de felicidade a quem receber os livros doados, nomeadamente crianças com necessidades».

Ler Mais
Artigos relacionados
Comentários
A carregar...

Multipublicações

Human Resources
Esta ferramenta promete vir revolucionar a Segurança e Saúde no Trabalho
Automonitor
Está grávida? Veja o que deve (e não deve) fazer se for conduzir