Fashion Awards distinguem Moda nacional

logoOs sectores nacionais de têxtil e de calçado voltam a ter lugar de destaque na segunda edição dos Fashion Awards, a realizar-se a 3 de Novembro, no Teatro Tivoli, em Lisboa. Para além de distinguirem profissionais, marcas e produtos que contribuem para o desenvolvimento e reforço da posição destes sectores no mercado económico nacional e internacional, os Fashion Awards pretendem ser também uma montra do que de melhor se faz em Portugal, e uma plataforma específica de apoio ao aparecimento de novos talentos criativos no sector têxtil. A exemplificar esta intenção está o prémio de Melhor Novo Talento.

Oferecendo um retrato global da indústria têxtil e Moda nacional, as categorias a concurso destacam o contributo de um conjunto de profissionais que focam a sua acção na conceptualização (Melhor Criador), produção (Melhor Marca Nacional), divulgação (Melhor Comunicação Imprensa e Digital) e comercialização (Melhor Design Loja) da Moda e respectivo enquadramento económico.

A reforçar a importância do sector de têxtil e vestuário, representado nas categorias Melhor Criador e Melhor Marca Nacional, está o volume de negócios anual que representa, no valor de 6.361 mil milhões de euros (3.9% do PIB português), com cerca de 50% da produção destinada à exportação.

Já o sector do calçado nacional, destacado na categoria Melhor Design de Acessórios, foi, em 2010, a indústria que mais contribuiu para o comércio externo nacional, com 1354 empresas portuguesas a exportar 68.133 milhões de pares, e um volume de exportações de 1.295 mil milhões de euros.

Os Fashion Awards comemoram ainda o Made in Portugal nos já referidos sectores, promovendo o reconhecimento de uma indústria que representa 4.7% do PIB nacional e responde pela criação de mais de 200 mil postos de trabalho.

Artigos relacionados
Comentários
A carregar...

Multipublicações

Human Resources
Automonitor
Casa cheia no próximo domingo para os 500 km do Estoril