Farfetch abre em Lisboa e tem 160 vagas

A Farfetch vai abrir aquele que é o seu 11º escritório e contratar perto de 50 pessoas. Depois de Londres, Nova Iorque, Los Angeles, Porto, Guimarães, São Paulo, Tóquio, Hong Kong, Shanghai e Moscovo, o novo espaço da unicórnio de moda de luxo será em Lisboa.

A decisão da Farfetch, que conta actualmente com mais de mil colaboradores em todo o mundo, coincide com a recente aquisição da Gleam, empresa com sede em Lisboa que tem vindo a desenvolver soluções na área da moda e do consumo mobile e que recebeu investimento da Faber Ventures e da Portugal Ventures.

O escritório na capital será em plena Avenida da Liberdade o que, segundo Luís Teixeira, director-geral da tecnológica, «é o local ideal para o início de actividade em Lisboa» visto retratar “o ambiente cosmopolita” que a Farfetch representa. Ali serão desenvolvidos, sobretudo, projectos tecnológicos e o processo de recrutamento está já a decorrer. «No espaço de um ano temos a expectativa de criar 100 oportunidades de trabalho em Lisboa, sendo que metade será concretizada até ao final de 2016», acrescenta o mesmo responsável. Até ao final do ano, a Farfetch tem em aberto mais de 160 vagas profissionais em Portugal, maioritariamente para engenheiros, sendo que a breve prazo vai acolher já meia centena de postos de trabalho.

«Trata-se de um passo natural do crescimento da Farfetch e que nos vai permitir, desde logo, atrair profissionais que estejam localizados mais a Sul do País bem como consolidar uma equipa tecnológica em Portugal que nos fará continuar na vanguarda», explica Luís Teixeira, sublinhando: «Vamos reforçar a aposta no conceito de Loja do Futuro e plataforma omnichannel.»

As candidaturas para o escritório de Lisboa podem ser feitas online.

Artigos relacionados
Comentários
A carregar...

Multipublicações

Human Resources
Page Assessment tem novo Executive manager
Automonitor
Conselhos para conduzir à chuva