Facturação da Logitravel Portugal aumentou 23% em 2011

logo_ptA agência de viagens online Logitravel facturou, no ano passado, 26 milhões de euros em Portugal, o que representa uma subida de 23% em relação aos 21 milhões de euros arrecadados em 2010. O mercado nacional é já o segundo melhor do Grupo, salientou ontem Rodrigo Almeida, Marketing manager Logitravel Portugal, na apresentação dos resultados, que decorreu em Lisboa.

O número de reservas pelo site da Logitravel totalizou 101.866 viajantes em 2011, mais 14% em relação às 88.886 reservas no ano anterior. Estes dados revelam que Portugal, onde a agência está presente desde 2007, «tem sido o segundo mercado com mais peso em facturação e volume de negócios [do Grupo], a seguir a Espanha», refere Rodrigo Almeida. «Tivemos [nos último cinco anos] um crescimento rápido, aproveitando o sector emergente das viagens online», acrescenta o responsável. Em termos consolidados, o Grupo Logitravel, sediado em Palma de Maiorca, alcançou uma facturação global de cerca de 275 milhões de euros no ano transacto, um incremento de 40% em relação a 2010.

Os principais destinos escolhidos pelos portugueses que optaram por reservar viagens pela Logitravel – que conta, no segmento online, com concorrentes como a agência Abreu ou a Booking (nos hotéis) – foram o mercado doméstico (sobretudo o Algarve), com 52% das viagens, seguido da vizinha Espanha, que reclamou 28% das viagens.

Para 2012, a estratégia da Logitravel Portugal passa por consolidar as vendas nos produtos e pacotes mais procurados, como os hotéis de praia e cruzeiros temáticos para grupos, reformular o site e apostar na comunicação, sobretudo em imprensa, por forma a «reforçar a marca em Portugal», onde ainda é «relativamente desconhecida», assume Rodrigo Almeida. A plataforma online da Logitravel é sobretudo utilizada por «pessoas que estudam todas as opções na web e gostam de organizar por elas próprias as suas viagens», afirma Tomeu Bennasar, director-geral da agência, que refere que «muita gente já percebeu que uma agência online é igual às outras». Quanto a números pars 2012, a agência não divulga previsões, devido à instabilidade vivida no sector do turismo, «um dos principais afectados pela crise» financeira, considera Tomeu Bennasar.

Daniel Almeida

Artigos relacionados
Comentários
A carregar...

Multipublicações

Human Resources
Trabalhar apenas 5 horas por dia. Há empresas a testar o modelo com sucesso
Automonitor
Motul e Suzuki Ibérica assinam parceria