Facebook testa nova forma de comprar anúncios vídeo

A compra de anúncios de vídeo no Facebook funciona através de licitação pelo que o modo como são medidas as visualizações dos anúncios é muito importante para as marcas. Tendo em conta os pedidos recorrentes das mesmas, a rede social decidiu adicionar a opção cost-per-view (CPV).

Até aqui, as métricas disponíveis diziam respeito ao alcance, à frequência ou à optimização de leilão dos anúncios em causa mas, agora, será possível que os anunciantes paguem pelos anúncios de vídeo apenas se tiverem sido vistos por pelo menos 10 segundos.

Tendo em conta o modelo de licitação, o Facebook alerta que a opção CPV não é a melhor escolha porque os anunciantes irão, provavelmente, acabar por pagar mais do que antes, no entanto, a rede social explica que era necessário responder aos pedidos insistentes das marcas.

Uma porta-voz do Facebook, numa publicação do blog oficial, afirma: «Não acreditamos que esta seja a melhor solução em termos de captar o melhor valor e concretizar os objectivos de marca com que os marketeer se importam, mas nós queremos dar-lhes controlo e poder de escolha sobre como eles compram.»

Artigos relacionados
Comentários
A carregar...

Multipublicações

Human Resources
Patrões portugueses são os menos instruídos da Europa
Automonitor
História: O dia em que o Papamóvel foi salvo