Facebook quer maior privacidade para os adolescentes

facebook-teens_2O Facebook alterou as regras de privacidade para os adolescentes, que podem agora partilhar posts públicos, os quais podem ser vistos por qualquer pessoa na rede social. Em contrapartida, as configurações pré-definidas de partilha para os novos utilizadores dentro desta faixa etária (13 e 17 anos) estão mais restritivas.

“Queremos responder à crescente procura dos adolescentes para fazer posts públicos, mas fazê-lo de uma forma segura, assegurando que os adolescentes recebem e têm informação suficiente que lhes permitam fazer escolhas informadas”, declara a rede social em nota de imprensa.

Nesse âmbito, e partir de hoje, a privacidade para as novas contas criadas por adolescentes passa a ser inicialmente definida para “Amigos”, com a opção de partilha pública. Cada vez que partilha uma actualização do seu estado, o utilizador pode escolher o público com quem deseja fazer essa partilha. A menos que altere esta opção, o público permanece o mesmo para as próximas publicações.

Até agora, para os utilizadores entre 13 e 17 anos, a privacidade inicial para as suas primeiras publicações no Facebook estava pré-definida para “Amigos de amigos”, ainda que com a possibilidade de alterar essa opção, mas apenas para a rede de “Amigos”. A partir de hoje, quando os adolescentes se juntam ao Facebook, a privacidade inicial da sua primeira publicação estará definida para um público mais restrito de “Amigos”.

Mais ainda, terão também a opção para fazer posts públicos, com esta actualização a dar-lhes a possibilidade de partilhar de forma mais ampla, como em qualquer outra rede social. Além disso, os adolescentes poderão activar a opção “Seguir” para que as suas publicações públicas possam ser visualizadas no Feed de Notícias das outras pessoas. Como sempre, os seguidores podem apenas visualizar as publicações em que foram incluídos.

Antes de fazerem uma partilha pública, os adolescentes irão ainda receber uma mensagem adicional. Quando seleccionarem a opção “Público” receberão um lembrete de que a publicação poderá ser visualizada por qualquer pessoa, e não apenas as pessoas que eles conhecem. E, se optarem por continuar a fazer publicações públicas, receberão sempre este alerta.

Ler Mais
Artigos relacionados
Comentários
A carregar...

Multipublicações

Human Resources
Outubro 2019
Automonitor
Já viu o novo ultracompacto 100% elétrico da Toyota?