Facebook começa a vender vídeos publicitários esta semana

Fb_2A rede social Facebook anunciou hoje que vai começar a vender vídeos publicitários até ao final desta semana. Os filmes serão reproduzidos automaticamente no News Feed dos utilizadores, quer no computador quer nos dispositivos móveis, ainda que com o som desligado.

“Esta semana, vamos começar a testar um formato mais rico de storytelling para os anunciantes”, anuncia o Facebook numa nota publicada na sua página para empresas. «Este formato de vídeo é ideal para os marketeers que queiram provocar um impacto de larga escala, e para as pessoas, que vão descobrir melhores conteúdos no seu News Feed», reitera a rede social, ressalvando que para ignorar os anúncios bastará aos utilizadores descerem simplesmente na página. No caso de o utilizador clicar no anúncio para assistir ao mesmo em full screen, será activado também o som.

O Facebook não adiantou qual será a duração dos filmes publicitários, mas, de acordo com o The Wall Street Journal, que cita fontes ligadas ao processo, os vídeos publicitários irão começar a aparecer na próxima quinta-feira, dia 19, e deverão ter uma duração máxima de 15 segundos, qualquer que seja a plataforma.

Conforme sublinha a mesma publicação, a intenção não é propriamente uma novidade, e alguns anunciantes já tinham produzidos vídeos, especificamente desenhados para o Facebook, no início do ano, com o intuito de lançá-los no Verão na rede social. No entanto, Mark Zuckerberg, CEO do Facebook, adiou o lançamento desta ferramenta por considerar que alguns problemas tecnológicos iriam fazer com que os vídeos demorassem muito tempo a carregar.

A verdade é que, em Setembro passado, a rede social introduziu uma nova tecnologia que permite que os vídeos partilhados por amigos sejam reproduzidos automaticamente no News Feed do utilizador, mas sem som. É esta mesma tecnologia que será utilizada no caso dos vídeos publicitários. “Ao longo deste período de testes, assistimos a um aumento de 10% no número de pessoas que vêem, gostam, partilham ou comentam vídeos. É uma melhor experiência para as pessoas e permite um maior engagement”, sublinha o Facebook.

No final de cada vídeo publicitário, serão apresentadas duas outras opções de vídeos do mesmo anunciante. No caso dos dispositivos móveis, todos os vídeos reproduzidos serão descarregados automaticamente quando o utilizador ligar o seu dispositivo a uma rede Wi-Fi, evitando o consumo de dados móveis.

Com esta novidade, a rede social liderada por Mark Zuckerberg pretende capturar uma parte dos 66,4 mil milhões de dólares (cerca de 48,3 mil milhões de euros) de investimento publicitário televisivo previsto para o mercado norte-americano este ano.

Ler Mais
Artigos relacionados
Comentários
A carregar...

Multipublicações

Human Resources
Qual é, afinal, o papel do líder?
Automonitor
Maratonas condicionam trânsito em Lisboa (conheça as vias afetadas)