Exportações representam 30% da facturação da Imperial

Páscoa e Natal vão continuar a ser as épocas de eleição para a Imperial lançar novidades. A empresa explica que deixa as surpresas para estas alturas devido ao aumento do consumo verificado, o que se traduz em maior volume de vendas.

Este ano não deverá ser excepção. De acordo com a Imperial, as perspectivas para 2018 estão em linha com o crescimento que tem vindo a demonstrar. No ano passado, a empresa registou uma facturação de 33 milhões de euros, mais cinco milhões do que em 2016.

Regina, Jubileu, Pintarolas, Allegro, Canderel e Pantagruel são as principais marcas da Imperial, ocupando “posições cimeiras” num mercado que em Portugal vale 215 milhões de euros, de acordo com dados apontados em comunicado.

Presente em 50 países, a Imperial encontra nos mercados externos 30% do seu volume de negócios. A Europa é responsável por mais de metade das exportações (58%), logo seguida por África (26%), América (10%) e Ásia (6%).

Artigos relacionados
Comentários
A carregar...

Multipublicações

Human Resources
A sua empresa pode fazer sorrir crianças hospitalizadas. Saiba como.
Automonitor
Novo Alpine A110S pronto para encomendar em Portugal