Exportação de calçado português atingiu os 1,8 mil milhões de euros

As exportações de calçado produzido em Portugal aumentaram 1% em 2015, de acordo com os dados do Instituto Nacional de Estatística (INE) citados pela Associação Portuguesa dos Industriais de Calçado, Componentes, Artigos de Pele e seus Sucedâneos (APICCAPS). Ao todo, foram vendidos 79 milhões de pares de calçado ao exterior, o que se traduz em 1.865 milhões de euros.

Desde 2009, refere a APPICAPS em comunicado, as vendas de calçado nacional para fora de Portugal cresceram mais de 50%. «Fruto de uma aposta sem precedentes nos mercados internacionais, Portugal passou a exportar anualmente mais 600 milhões de euros do que há seis anos, alargando ainda a geografia das exportações a mais de 20 novos destinos.»

Neste momento, 152 países comercializam calçado português, mas alguns deles registaram quebras significativas no último ano. Em Angola, por exemplo, registou-se uma queda de 15%, bem como na Rússia, onde a descida foi de 52%. Em França, o mercado mais importante para a exportação deste produto, a queda foi mais ligeira (3,6%).

Quanto a mercados onde o crescimento foi rei, destaque para os Estados Unidos da América, onde as exportações aumentaram 48% para os 67 milhões de euros. As vendas para a União Europeia representam 14% do total exportado, sendo que o objectivo é aumentar este número para 20% ao longo dos próximos cinco anos.

Artigos relacionados
Comentários
A carregar...

Multipublicações

Human Resources
Portugal atraiu 610 estrangeiros «altamente qualificados» através deste programa
Automonitor
Regulamento da mobilidade elétrica obriga a celebrar contratos de adesão