Europa anula lucros recorde da Ford na América do Norte

A fabricante automóvel Ford anunciou que obteve um resultado líquido de 1,63 mil milhões de dólares (cerca de 1,26 mil milhões de euros) no terceiro trimestre, o que representa uma quebra de 1,1% em relação aos 1,65 mil milhões de dólares (1,27 mil milhões de euros) acumulados no período homólogo. A empresa voltou a registar prejuízos no mercado europeu, os quais foram contrabalançados por lucros recorde na América do Norte.

Entre Julho e Setembro, a Ford teve um prejuízo operacional de 468 milhões de dólares (361,4 milhões de euros) no mercado europeu, que agrava o prejuízo de 306 milhões de dólares (236,3 milhões de euros) registado no mesmo período do ano passado, de acordo com um comunicado da empresa, citado pelo The Wall Street Journal.

Para além disso, a Ford prevê, para a sua unidade europeia, prejuízos superiores a três mil milhões de dólares (2,32 mil milhões de euros) no acumular deste e do próximo ano, e já anunciou que não espera regressar aos lucros pelo menos até 2015. Para inverter a situação no “Velho Continente”, o presidente executivo, Alan Mulally, anunciou no final da semana passada um plano de reestruturação que irá envolver o encerramento de três fábricas (duas no Reino Unido e uma na Bélgica) e o consequente despedimento de 5700 funcionários. Com esta medida, a fabricante norte-americana espera poupar entre 450 e 500 milhões de dólares (entre 347,6 e 386,2 milhões de euros) por ano.

Em contrapartida, a unidade norte-americana da empresa obteve um lucro operacional recorde de 2,3 mil milhões de dólares (1,78 mil milhões de euros) no terceiro trimestre, que compara com um lucro de 1,6 mil milhões de dólares (1,24 mil milhões de euros) no período homólogo.

«A equipa da Ford obteve o melhor terceiro trimestre de sempre, conduzido por resultados recorde na América do Norte», afirmou Alan Mulally em comunicado, citado pelo The Wall Street Journal. «Numa altura em que enfrentamos desafios a curto prazo na Europa, estamos completamente empenhados em transformar o nosso negócio», acrescentou.

No período em análise, a Ford produziu 1,4 milhões de veículos, mais 24 mil em relação ao período homólogo. Ainda assim, as receitas da empresa caíram para 32,1 mil milhões de dólares (24,8 mil milhões de euros), menos mil milhões em relação ao ano passado.

Ler Mais
Artigos relacionados
Comentários
A carregar...

Multipublicações

Human Resources
Portugal atraiu 610 estrangeiros «altamente qualificados» através deste programa
Automonitor
Regulamento da mobilidade elétrica obriga a celebrar contratos de adesão