Entrada num novo ciclo?

As publicações gay em Portugal têm singrado apenas no online, devido às dificuldades na obtenção de patrocínios. Contudo, dada a liberalização do casamento homossexual nos EUA, esta tendência poderá mudar, com as marcas a mostrarem-se mais receptivas para investir

Texto de Rafael Paiva Reis

As publicações em papel dirigidas ao target gay não têm vingado em Portugal. As revistas Com’Out ou Quïr fecharam após poucos números nas bancas. Em contrapartida, as digitais têm registado sucesso, destacando-se o PortugalGay.pt e o Dezanove.

Para ler o artigo na íntegra, consulte a edição de Agosto de 2015 da revista Marketeer.

Artigos relacionados
Comentários
A carregar...

Multipublicações

Human Resources
Outubro 2019
Automonitor
Já viu o novo ultracompacto 100% elétrico da Toyota?