Em Campolide, lixo vale dinheiro

Alertar apenas para a necessidade de higiene urbana parecia ser ineficiente na zona de Campolide, em Lisboa. A Junta de Freguesia resolveu, então, desenvolver um programa que não só limpa o bairro como promove o comércio local.

Chama-se “Pago em Lixo” e permite trocar lixo por notas que podem, depois, ser usadas nos estabelecimentos locais aderentes. A mecânica é simples: basta entregar o lixo separado em pontos de recolha previamente anunciados. Cada quilo de lixo indiferenciado ou doméstico vale uma nota de lixo, já um quilo de lixo reciclável corresponde a duas notas.

Actualmente, mais de 70 espaços aderiram ao programa “Pago em Lixo” e permitem que os cidadãos realizem as suas compras com esta moeda especial. Cabeleireiros, frutarias, restaurantes, cafés e peixarias são alguns dos exemplos.

A entrega do lixo deve ser realizada nos dias apontados pela Junta de Freguesia de Campolide. Em Setembro, são estas as datas e locais conhecidos: dia 17 das 10h às 11h30, no Alto de Campolide; dia 17 das 12h às 13h, no Bairro da Serafina; dia 24 das 10h às 11h30, no Bairro da Bela Flor; e dia 24 das 12h às 13h, no Bairro da Liberdade. No site do programa, é possível ir acompanhando as novas datas bem como os estabelecimentos comerciais aderentes.

André Couto, presidente da Junta de Freguesia de Campolide, refere que «o objectivo é consciencializar a população sobre a importância da higiene urbana, assim como a correcta reciclagem e separação do lixo». Em comunicado, o responsável afirma ainda que o programa contribui, em simultâneo, «para a dinamização da economia e comércio local, de modo a que todos sejamos vencedores».

Ler Mais
Artigos relacionados
Comentários
A carregar...

Multipublicações

Human Resources
Desafio Global reforça equipa
Automonitor
Foi mandado parar numa operação STOP? conheça os seus direitos e deveres