EatOut Lisboa agora é Mais com vouchers

eat-out-lisboa-redimensionadaA aplicação EatOut Lisboa foi alvo de um upgrade, apresentando-se agora na versão EatOut Lisboa+. Este guia mobile de restaurantes, lançado em Janeiro numa versão gratuita, passou a incluir, desde o passado dia 20, uma versão com base num sistema de vouchers para vários restaurantes, em que o próprio ecrã funciona como o “cupão” de desconto. No fundo, trata-se de «transportar para o formato móvel o negócio tradicional dos vouchers em papel», explicou José Diogo Madeira da Ezimut.com, editora de conteúdos turísticos que, em parceria com a empresa de engenharia de software Log, edita a aplicação. À data, são mais de 20 os espaços de restauração que se associaram à app.

A EatOut Lisboa+ assume agora um custo de 3,99 euros e dá aos seus utilizadores (que tanto podem ser lisboetas como turistas) acesso a dezenas de descontos e ofertas promovidos pelos restaurantes. Um investimento único «que será compensado pelo acumular de promoções», ressalva José Diogo Madeira.

À semelhança da anterior versão, a EatOut Lisboa+ é bilingue, podendo ser consultada em português e inglês. Para breve está a tradução das informações para espanhol. Os restaurantes podem ser apresentados por preferência gastronómica, proximidade geográfica, nível de preços, permissão para fumar e descontos disponíveis. Recorde-se que os espaços são apresentados sobre um mapa da cidade por meio da georeferenciação, no sentido de facilitar a deslocação dos utilizadores aos estabelecimentos.

A aplicação funciona, agora, com um sistema de créditos. A partir do momento em que é descarregada, são atribuídos aos utilizadores sete créditos. Cada um deles pode ser usado para a aquisição de um voucher. Mensalmente são debitados sete créditos na conta dos utilizadores registados, existindo ainda outras formas de obtenção de créditos. A recomendação da aplicação a amigos rende aos utilizadores, por exemplo, um crédito.

Além de colocar descontos à disposição dos utilizadores, a ferramenta apresenta aos restaurantes um sistema de comunicação flexível, em que as ofertas e promoções podem ser geridas em tempo real. Para marcar presença na EatOut Lisboa+ os restaurantes têm a seu cargo uma taxa mensal que ronda os 50 euros. Esta é, aliás, uma das fontes de financiamento da aplicação, que se apoia ainda em publicidade in-app, a par do custo associado ao seu download na App Store.

Com o intuito de potenciar os negócios dos estabelecimentos de restauração e gastronomia portugueses, a EatOut Lisboa+ uniu esforços com a Sugestão do Dia – Comunicação para a Gastronomia. Trata-se de uma agência de comunicação que se dedica ao mercado gastronómico e se insere na empresa Pequenas Grandes Ideias – Estratégias Criativas. Através da colaboração com a Sugestão do Dia os proprietários de restaurantes podem, por exemplo, medir o retorno do investimento feito na presença na EatOut Lisboa+, já que quando é feita a reserva de um voucher na aplicação, estes recebem um email com o aviso.

A comunicação da app EatOut Lisboa+, que tem nos lisboetas e nos turistas que visitam a capital o seu principal target, apoiar-se-á na estratégia de word-of-mouth, ou passa palavra, além de poder contemplar o formato impresso, através de flyers, por exemplo.

«Se conseguirmos manter um negócio interessante em Lisboa, também podemos vir a ter o EatOut Porto e o EatOut Algarve», explica José Diogo Madeira da Ezimut.com. Facto é que os responsáveis pela aplicação não cingem a ferramenta dentro de portas, contemplando mesmo a possibilidade de a expandir para outros mercados.

A versão gratuita da EatOut Lisboa registou, desde o seu lançamento, 17 mil downloads. Já a versão melhorada, EatOut Lisboa+, e ainda que recente, atingiu já o primeiro lugar na categoria “Estilo de Vida” de aplicações pagas na App Store.

Texto de Daniela Domingos

 

Ler Mais
Artigos relacionados
Comentários
A carregar...

Multipublicações

Human Resources
Patrões portugueses são os menos instruídos da Europa
Automonitor
História: O dia em que o Papamóvel foi salvo