Durex quer melhorar sexo em época de férias

Sabia que 52% das pessoas espera melhorar a sua actividade sexual nas férias? Mas que 60% fica desapontado com os resultados obtidos? Estas são as conclusões de um estudo realizado pela Durex e que teve como base as experiências reais de dois mil adultos. O objectivo da marca é perceber o que deita os planos por terra, encontrar uma solução para o problema e melhorar o sexo em época de férias.

Quanto ao primeiro ponto, a Durex percebeu que a tecnologia é uma das principais culpadas. Entre os dados que levaram a esta conclusão está o facto de 40% das pessoas dizer estar menos disposta a ter relações se o parceiro estiver ao telefone na cama. A situação agrava-se na altura das férias, já que mais de um quarto dos inquiridos admitiu que o uso de telefones nas férias pode causar discussão. Mais: 72% confessou utilizar o telefone durante o sexo.

O estudo revelou ainda que  57% dos inquiridos diz que seria mais estimulante se soubesse que o seu companheiro tinha desligado o telefone para se concentrar na noite de ambos. Para colocar este dado à prova, a Durex desenvolveu uma experiência social, denominada #DONOTDISTURB: convidou seis casais para umas férias em que a tecnologia apenas era bem-vinda para metade. Filmou tudo e mostra, agora, se a os telemóveis, tablets e computadores estão ou não a destruir a vida sexual.

Artigos relacionados
Comentários
A carregar...

Multipublicações

Human Resources
Qual é, afinal, o papel do líder?
Automonitor
Maratonas condicionam trânsito em Lisboa (conheça as vias afetadas)