Dove cria biblioteca com fotografias de mulheres reais

Dados de um estudo elaborado pela Dove indicam que 70% das mulheres ainda não se sente representada nos meios de comunicação e na publicidade. Por isso mesmo, a marca acredita que a mudança para uma definição mais ampla de beleza nunca foi tão urgente: 67% das mulheres inquiridas pede que as insígnias se mobilizem e que comecem a assumir responsabilidade pelas imagens que utilizam.

Na Getty Images, a pesquisa por “pessoas reais” aumentou 192% em relação ao ano passado e o mesmo se verifica com os termos “mulheres diversas” (+168%) e “mulheres fortes” (+187%). A Dove destaca ainda o aumento de 220% nas pesquisas por “mulheres líderes”, evidenciando a necessidade de representar mulheres em papéis de maior força.

Na impossibilidade de obrigar todas as marcas a contribuir, a Dove compromete-se, pelo menos, a dar o exemplo. Juntou-se à Getty Images e à Girlgaze para lançar o projecto #MostremNos (#ShowUs, em inglês), uma biblioteca de fotografias criada por mulheres e indivíduos não-binários de todo o mundo. O objectivo é pôr fim aos estereótipos de beleza e dar a conhecer as mulheres tal como são.

A biblioteca conta com mais de cinco mil imagens, inteiramente ao dispor dos meios de comunicação, marcas e agências de publicidade. A ideia é que as fotos possam ser usadas em futuras campanhas, criando anúncios mais inclusivos e abrangentes.

«Dove entende o impacto que as imagens irreais de beleza podem ter na confiança do corpo feminino e na consequente capacidade de atingir o seu pleno potencial», comenta Sophie Galvani, vice-presidente global da Dove. É por isso que nenhuma das imagens desta biblioteca foi modificada digitalmente.

Artigos relacionados
Comentários
A carregar...

Multipublicações

Human Resources
Automonitor
Hyundai promete novo SUV híbrido plug-in para Los Angeles