Diz-me a cor do teu logo e dir-te-ei quem és

As empresas da área do direito preferem uma cor dominante nas suas identidades visuais, regra geral azul, cinzento ou preto. As imobiliárias, por seu turno, tendem a optar por logótipos mais coloridos. Nos negócios de agricultura é mais comum encontrar tons terra, nomeadamente verde, castanho, amarelo e vermelho, ao passo que nas marcas tecnológicas o azul, branco, preto e vermelho são reis.

Estas são algumas das conclusões de um estudo elaborado pela 99designs, plataforma de designers freelance que analisou 14 mil logótipos de insígnias de todo o mundo. Contabilidade, saúde, tecnologia e marketing foram alguns dos sectores englobados no trabalho.

De acordo com o estudo, reportado pelo The Drum, o azul é a cor predominante quando olhamos para todas as indústrias: só na saúde, 85% dos logos analisados apresentam esta cor. «Faz todo o sentido considerando o que os clientes associam à cor azul: conhecimento, tranquilidade, segurança e confiança», explica Pamela Webber, Chief Operating Officer da plataforma.

O castanho encontra-se no extremo oposto, uma vez que é associado a sujidade. «Queremos que as nossas estruturas de saúde sejam limpas e esterilizadas», explica a mesma responsável, acrescentando que o amarelo e o rosa são vistos como tons amigáveis.

No campo da comunicação e marketing, o azul também é a cor preferida (43%), a par do preto. Pamela Webber considera que esta indústria é «algo paradoxal», já que muitas marcas «querem parecer jovens e modernas mas não querem que os logos muito longe do tradicional».

Relativamente aos retalhistas, a 99designs indica que se trata de uma área historicamente ligada ao vermelho mas que começa, agora, a apostar em novos tons.

Ler Mais
Artigos relacionados
Comentários
A carregar...

Multipublicações

Human Resources
Patrões portugueses são os menos instruídos da Europa
Automonitor
História: O dia em que o Papamóvel foi salvo