Delta e Sumol+Compal são as empresas portuguesas mais reputadas

delta_sumol-finalA Delta e a Sumol+Compal são as duas empresas nacionais que integram o top 10 das empresas com melhor reputação em Portugal, de acordo com o estudo RepTrak Pulse Portugal 2013.

O estudo, realizado pelo Reputation Institute (RI) e representado em Portugal pela OnStrategy, tem como objectivo auditar e monitorizar o índice de reputação das empresas portuguesas e multinacionais com actividade no mercado português.

No ranking global, o pódio é ocupado pelas empresas Google, Nestlé (ambas com um índice de reputação de “Excelente”, em virtude de uma classificação de 82,2 pontos) e Delta (81,9 pontos, que equivalem a um índice de “Excelente”), que alcança a melhor classificação de sempre. Já a Sumol+Compal continua a ser a segunda empresa nacional com melhor reputação, embora tenha descido do quarto lugar (em 2012) para a 10ª posição no ranking nacional. Microsoft (4ª lugar), Apple (5º), Sony (6º), Danone (7º), Nespresso (8º) e Fnac (9º) compeltam o top 10.

No que diz respeito à divisão por sectores de actividade, a Caixa Geral de Depósitos (classificação de 63,4 pontos) foi a empresa melhor classificada na “Banca”, enquanto a Nestlé lidera a categoria “Alimentação & Bebidas” e a Vodafone (68,6 pontos) lidera em “Telecomunicações”. A Fnac (77,9 pontos) alcançou o primeiro lugar no sector “Retalho”, a TAP (71,8 pontos) em “Companhias aéreas”, a Tranquilidade (63,7 pontos) no “Segurador”, a Roche (66,2 pontos) no “Farmacêutico”, a Google no “Computadores & Electrónica” e a EDP (59,4 pontos) no sector da “Energia”.

Já a Jerónimo Martins (70,3 pontos) foi, entre as empresas portuguesas que integram o PSI 20, a que obteve a melhor classificação.

O estudo RepTrak Pulse Portugal 2013 sublinha ainda que “a boa reputação das empresas pode contribuir decisivamente para o comportamento do consumidor em relação às empresas”. De acordo com o documento, as 10 empresas mais reputadas registam 69% dos inquiridos com uma intenção de compra positiva, 66% a recomendar a empresa e os seus produtos e 51% a declarar ter confiança nas mesmas. Por outro lado, as 10 menos reputadas registam 20% dos inquiridos com uma intenção de compra positiva, 18% a recomendar a empresa e os seus produtos e 16% a declarar ter confiança nas mesmas.

Para este estudo foram avaliadas mais de 5.500 empresas em cerca de 40 países, junto de aproximadamente 240 mil consumidores em todo o mundo. Em Portugal foram avaliadas inicialmente cerca de 270 empresas nacioanais e internacionais, tendo sido seleccionadas apenas 10 empresas em cada sector, em função de 23 atributos, como “Produtos e Serviços”, “Inovação” e “Ambiente de Trabalho”.

Ler Mais
Artigos relacionados
Comentários
A carregar...

Multipublicações

Human Resources
Esta ferramenta promete vir revolucionar a Segurança e Saúde no Trabalho
Automonitor
EMEL deixa mais de 120 pessoas à espera de lugar por causa de artista