Dar hoje para proteger amanhã

MARKETEER CONTENTS

Dada a urgência de medidas que contribuam para a descarbonização do planeta, e, sobretudo, para a diminuição da quan – tidade de plástico que anualmente chega aos oceanos (mais de 20 milhões de tone – ladas, só na União Europeia) são várias as empresas que estão a implementar planos que reduzam, já hoje, o impacto negativo da acção humana no planeta. Segundo o relatório “From Pollution to Solution”, do Programa das Nações Unidas para o Meio Ambiente, as projecções para 2040 apon – tam para a chegada de 23 a 37 milhões toneladas de plástico aos oceanos a cada ano. As previsões indicam que em 2050 os oceanos terão mais plástico do que peixes.

É, nesse sentido, urgente que as em – presas comecem a agir já, e a serem im – placáveis com a política de redução do impacto ambiental dos seus produtos. A Universo Sonae, que disponibiliza solu – ções financeiras “simples e com impacto positivo” e que integra as marcas Univer – so, Universo Flex, MoneyGram e Car – tões Dá, está consciente desta realidade e iniciou diversas acções que contribuem, já hoje, para uma redução considerável deste impacto.

Os cartões Universo e os Cartões Dá são exemplo desta política regenerativa do grupo, através de três acções: a subs – tituição da produção do Cartão Dá em plástico, por papel; a produção de cartões Universo em plástico reciclado; e a adesão dos dois cartões ao projecto Merece.

CARTÃO DÁ MAIS ECOLÓGICO

O Cartão Dá é, como o nome indica, um cartão presente da marca Universo Sonae, pré-pago e recarregável, que pode ser usado nas mais de 1100 lojas do Grupo Sonae: Continente, Worten, Zippy, MO, Sportzone, Wells, Bagga, note!, Dr. Wells, Zu e no Continente online.

Dada a sua versatilidade, a escala do número de cartões é significativa e, por isso, a Universo Sonae tomou medidas que podem reduzir a pegada ecológica do mesmo, ao substituir o plástico, que recorre a fontes fósseis, por papel. Este novo produto é feito de material proveniente de florestas bem geridas, certificadas FSC e outras fontes controladas (FSC® -N004127). «O Universo reconhece o impacto que os cartões de plástico têm no ecossistema. Temos consciência de que há muito a fazer, no sentido da protecção do planeta, mas estamos cada vez mais comprometidos com os nossos clientes e com o futuro da sociedade em geral, e não iremos certamente parar por aqui”, realça Tiago Osório, head of Insurances and Personal Loans no Universo.

Através desta medida, cerca de 25% dos Cartões Dá já são produzidos com este material, e espera-se que, até ao fim de 2023, todos os cartões sejam já de papel, abandonando o uso do plástico. Com esta iniciativa, a empresa estima evitar a colocação no mercado de cerca de 20 toneladas de plástico, num período de cinco anos, evitando a produção de cerca de 270 M CO2 eq de emissões de gases com efeito de estufa.

Esta iniciativa acompanha a abordagem da Sonae, atenta aos desafios ambientais e conta com a colaboração das diferentes insígnias do grupo, que assegurarão a venda dos novos cartões mais sustentáveis. Nesse sentido, o Cartão Dá pode ser adquirido, pelo consumidor particular, no Continente, Worten, Zippy e MO e, pelas empresas, no site cartoesda.com, com um qualquer valor entre cinco e 1.000 euros.

UNIVERSO E PROJECTO MERECE

Rumo a um futuro mais sustentável, o Universo já começou a mudar a forma de produção dos seus cartões, que passaram a ser fabricados em plástico reciclado e com a colocação do logo de “recycled” no verso.

Complementando esta política de sustentabilidade, os cartões Universo e os Cartões Dá aderiram ao projecto Merece, uma iniciativa da Contisystems, que pretende dar aos cartões bancários um fim de vida mais sustentável, garantindo o seu tratamento e reciclagem, bem como a plantação de uma árvore por cada quilograma de cartões recolhido e a sua manutenção durante cinco anos.

A recolha dos cartões Universo em fim de vida faz-se através de diversas formas: seja envio por correio para a Contisystems, depósito dos cartões numa caixa designada para o efeito nas entidades aderentes, ou reencaminhamento para a Contisystems dos cartões “engolidos” pelas ATM. Neste momento, os Cartões Dá, que ainda sejam de plástico e que já não tenham saldo disponível, também podem ser entregues nas lojas Continente.

Com estas acções, a Universo Sonae reforça o seu posicionamento enquanto marca que tem como objectivo contribuir para a transformação positiva da vida de todos, aderindo a uma iniciativa com uma motivação sustentável e que, pretende, acima de tudo, ajudar a proteger o planeta. «Com a adesão do Universo ao projecto Merece, estamos a contribuir para a diminuição da nossa pegada ecológica, dando um fim de vida mais sustentável aos nossos cartões. Este é um reflexo da nossa preocupação ambiental e da forma como procuramos salvaguardar o futuro de todos”, complementa Joana Ortigão Ramos, Marketing and Partnership manager do Universo.

Ler Mais



loading...
Artigos relacionados

Comentários estão fechados.