Crianças obesas sabem coisas de que não precisariam

O Dia Mundial de Combate à Obesidade, assinalado hoje, serve de mote para a Lusíadas Saúde lembrar que “a obesidade infantil não é uma questão estética, é uma questão de saúde”. A mensagem é divulgada numa campanha lançada pelo grupo português de saúde.

O objectivo da campanha é mostrar que as crianças obesas têm conhecimentos sobre doenças de que não precisariam se não tivessem excesso de peso. “ A obesidade infantil ensina às crianças coisas que elas nunca deveriam saber” é o lema apresentado pela Lusíadas Saúde.

A campanha surge a par de um plataforma, Rota da Saúde, que visa informar e alertar para a obesidade infantil. José Carlos Magalhães, presidente da Lusíadas Saúde, explica que sentiram a necessidade de ter uma «voz activa em relação em relação a esta epidemia», oferecendo informação e conselhos 24 horas por dia.

«Queremos alertar pais, cuidadores e a sociedade em geral não apenas em relação aos problemas provocados pelo excesso de peso, como também à necessidade de incentivar a prevenção através de hábitos de alimentação mais saudáveis e da prática de exercício físico regular», conclui o responsável, em comunicado.

Artigos relacionados
Comentários
A carregar...

Multipublicações

Human Resources
A sua empresa pode fazer sorrir crianças hospitalizadas. Saiba como.
Automonitor
Novo Alpine A110S pronto para encomendar em Portugal