Cortiça portuguesa mostra-se na Milan Design Week

A Corticeira Amorim apresenta um conjunto de projectos que utilizam cortiça portuguesa na Milan Design Week, um dos principais eventos internacionais dedicados ao design, que está a decorrer até ao próximo dia 19. Esta é a 5.ª vez consecutiva que a marca portuguesa assegura presença no certame italiano.

Um desses projectos é a Lunch Box, que consiste em lancheiras de cortiça e visa também sensibilizar para a necessidade de se reduzir a produção de desperdícios. O projecto teve curadoria do T12 Lab e foi concebido por alunos de design da NABA – Nueva Academia Belle Arti di Milano.

Em Milão está ainda em exposição o Exit, um sistema modular de revestimento de paredes ou pisos, desenvolvido por StudioIrvine para MatteoBrioni, que conjuga materiais naturais como cortiça (ainda em fase de protótipo), terracota e mármore com terra crua.

No âmbito da Milan Design Week, a Corticeira Amorim patrocina ainda a exposição “James Irvine. Um Inglês em Milão”, no Museo do Novecento. Trata-se de uma homenagem ao designer de produto britânico James Irvine, que desenvolveu duas peças para a Corticeira Amorim, pouco antes da sua morte: Six, uma mini garrafeira transportável da colecção Materia; e Stow It, um módulo de parede, que integrou o projecto Metamorphosis.

Recorde-se que há dois anos, e também no âmbito da Milan Design Week, a Corticeira Amorim foi parceira da BMWi e dos designers Ronan & Erwan Bouroullec para a criação de uma instalação em cortiça representativa do conceito de mobilidade sustentável. Já no ano passado, a marca juntou-se à Wallpaper e ao designer norte-americano Todd Bracher para a apresentação de um modelo de casacos de cortiça.

Artigos relacionados
Comentários
A carregar...

Multipublicações

Human Resources
Luís Araújo é o keynote speaker da XVIII Conferência Human Resources
Automonitor
Vídeo: Intervenção de Miguel Rodrigues na 2ª Conferência AUTOMONITOR