Corona constrói onda de plástico

Todos os anos, chegam ao mar oito milhões de toneladas de plástico e, se este ritmo continuar, prevê-se que haja mais plástico do que peixes no oceano em 2050. Dados como estes inspiraram a Corona a desenvolver uma instalação artística para sensibilizar os consumidores para os perigos da utilização excessiva deste material.

A marca de cerveja recorreu a 600 quilos de plástico – precisamente a quantidade de plástico despejado em Espanha a cada sete minutos – para construir a peça instalada na zona de Príncipe Pio, em Madrid. Com criatividade da agência La despensa, a obra recria o fundo do oceano do futuro, onde mora apenas plástico.

Durante os dias em que a instalação esteve em Príncipe Pio (5 a 9 de Junho), os espanhóis que por lá passaram tiveram oportunidade de levar plástico para reciclar. Em troca, receberam garrafas de Corona e descontos em supermercado.

Artigos relacionados
Comentários
A carregar...

Multipublicações

Human Resources
Trabalhar apenas 5 horas por dia. Há empresas a testar o modelo com sucesso
Automonitor
Motul e Suzuki Ibérica assinam parceria