Continente mostra aquilo que nem sempre se vê em nova campanha

“Bom Para Portugal” não é apenas o lema do festival que o Continente vai promover amanhã –e que terá uma emissão de seis horas assente em três temas (futebol, sustentabilidade e alimentação saudável). É também o ponto de partida para a mais recente campanha de comunicação da cadeia de supermercados.

Em menos de um minuto, o Continente vai desvendando de que forma tem trabalhado para promover o melhor de Portugal, contribuindo para o seu crescimento. Sob o mote “Há um Continente que não se vê, mas que olha por Portugal”, a insígnia da Sonae MC coloca em evidência iniciativas de áreas como sustentabilidade ou responsabilidade social, que nem sempre são conhecidas pelos consumidores.

A nova campanha, com criatividade da agência Fuel e realização de Augusto Fraga, vai ser lançada amanhã e marcará presença em televisão, exterior e plataformas digital.

«O Bom Para Portugal simboliza a vontade do Continente em agradecer e devolver tudo o que o país nos tem dado e a confiança que os portugueses têm depositado em nós. Um dos sintomas dessa reciprocidade é o trabalho que fazemos, mas que nem sempre é visível, ou, pelo menos, tão visível, quanto a nossa actividade comercial, mas que consideramos fundamental no nosso dia-a-dia», explica Tiago Simões, director de Marketing da Sonae MC.

O responsável lembra que “Bom Para Portugal” é um conceito criado em 2019 para agradecer a confiança dos clientes. No ano seguinte, foi usado de novo para falar das coisas boas que Portugal oferece. «Agora, em 2021, vimos reforçar uma vez mais o nosso compromisso com Portugal, desta vez sob o ângulo da sustentabilidade, uma sustentabilidade que é não só ambiental, mas também social.»

Ler Mais
pub


Artigos relacionados
Comentários
A carregar...