Continente doou 1,6 milhões de refeições em 2016

No ano passado, as lojas Continente doaram cerca de 1,6 milhões de refeições a mais de 620 instituições de solidariedade social. No âmbito da Missão Continente, a retalhista doou ainda, ao longo de todo o ano, produtos excedentários no valor de seis milhões de euros a 765 instituições beneficiárias.

Ainda na área do desperdício alimentar e da luta contra a fome, o Continente apoiou 145 instituições de animais com doações de alimentos avaliados em 1,2 milhões de euros, de acordo com o relatório anual da Missão Continente, que foi hoje divulgado durante a conferência “Portugal Saudável”, na Fundação Champalimaud, em Lisboa.

«O ano de 2016 foi um ano muito activo em termos de iniciativas no apoio à comunidade. Desenvolvemos várias iniciativas com entidades como a Cruz Vermelha Portuguesa, o Banco Alimentar contra a Fome ou a Animalife. A luta contra a fome é um dos temas basilares para a Missão Continente», afirmou à Marketeer Nádia Reis, directora de Relações Públicas, Activação e Responsabilidade Social do Continente. «Diariamente, as nossas lojas apoiam mais de 750 instituições que recolhem produtos para serem depois doados a famílias carenciadas», sublinhou.

Na vertente da saúde familiar, a Missão Continente angariou cerca de 550 mil euros para serem distribuídos por 40 projectos de Agrupamentos de Centros de Saúde de todo o País e que visam a promoção da saúde materno-infantil. Os projectos foram escolhidos num concurso que conta já com duas edições, sendo que a distribuição das verbas será efectuada ao longo deste ano. «Durante 10 anos, o Continente apoiou os hospitais, mas achámos que tinha chegado a altura de nos aproximarmos mais das comunidades onde estamos inseridos, através do apoio a unidades de saúde primária, como os centros de saúde», explicou Nádia Reis.

No âmbito do Programa Escolas Missão Continente, foram realizadas em 18 escolas básicas de todo o País várias iniciativas de promoção de hábitos de alimentação saudável, envolvendo actividade lúdico-pedagógicas e desafios com prémios associados.

Em parceria com a Câmara Municipal de Lisboa, a Missão Continente levou ainda a cabo em 10 escolas da capital o projecto “Hortas na Escola… Legumes no Prato”, que consiste na criação ou requalificação de hortas escolares. Ao todo, este projecto impactou em 2016 mais de 2100 crianças entre os seis e os 10 anos.

Numa outra vertente, a da sustentabilidade ambiental, a Missão Continente recolheu 14 toneladas de cortiça, 21 toneladas de pilhas usadas, 27 toneladas de baterias de automóveis usadas, 42 toneladas de óleos alimentares usados e 243 toneladas de roupa usada.

No que toca à rede de lojas Continente, registou-se, em média, uma redução de 2,5% no consumo de electricidade, 15,1% nas emissões de dióxido de carbono (CO2) e 3,3% no consumo de água.

Texto de Daniel Almeida

Ler Mais
Artigos relacionados
Comentários
A carregar...

Multipublicações

Human Resources
Tem dificuldade em encontrar espaços para conferências? Há salas renovadas em Lisboa.
Automonitor
Volvo quer impacto climático neutro em 2040