ConsumerLab da Ericsson aponta tendências de consumo para 2012

labA internet é das últimas coisas de que os consumidores estão dispostos a abdicar, caso tenham de reduzir as suas despesas. A conclusão é de um estudo desenvolvido pelo ConsumerLab da Ericsson, organização que disponibiliza informação sobre os consumidores para influenciar o marketing e a estratégia, bem como a gestão de produtos no Grupo Ericsson.

Partindo da premissa de que a conectividade se está a tornar «numa parte cada vez mais importante das nossas actividades diárias», como salienta Michael Björn, Head of Research do ConsumerLab, esta organização traçou as dez principais tendências do consumidor para 2012.

1. Connectivity is king: A conectividade tornou-se tão essencial como o ar que respiramos. Os consumidores afirmam que a internet é uma das últimas coisas que estariam dispostos a desistir se tivessem que reduzir as suas despesas

2. Qualquer pessoa pode ser fornecedora de serviços: Existe uma enorme procura por novos serviços. A internet torna possível, tanto para empresas como para consumidores, a criação de novas soluções, de que são exemplo as apps.

3. Social media redefinem a cobertura jornalística dos acontecimentos: Impulsionam o consumo de imagens, vídeos e música, e ajudam os consumidores a julgar a relevância das notícias, permitindo o comentário social.

4. Telemóveis desempenham um papel significativo na vida quotidiana: Os consumidores mostram mais interesse em serviços móveis que estão directamente relacionados com locais ou serviços próximos. 90% dos utilizadores de smartphones assumem andar sempre com os seus dispositivos, sendo que a percentagem é de 80% no que toca a andar com dinheiro.

5. A transparência é maior que a privacidade: As pessoas estão cada vez mais habituadas a viver de forma transparente, esperando também que as empresas e outras organizações actuem com transparência.

6. A cloud torna as coisas fáceis de usar: Partilhar informações e ter os diversos dispositivos ligados entre si torna-se cada vez mais num modo constante para os consumidores, o que resulta na introdução de mais serviços baseados na cloud. A facilidade de utilização é a principal linha condutora.

7. As mulheres impulsionam a adopção de smartphones: Um estudo sobre a utilização de smartphones mostra que os homens são os principais utilizadores de serviços de nicho de mercado em smartphones, como VoIP, vídeo-chamada e maior propensão para download de novas aplicações. Num outro ponto, um número cada vez mais significativo de mulheres utiliza regularmente os seus smartphones para serviços de elevada utilização, como chamadas de voz, SMS e Facebook. Ao conseguirem integrar activamente a utilização de todos os canais de comunicação num único dispositivo, as mulheres estão a impulsionar o mercado no que toca à adopção de smartphones.

8. Tornar as compras mais fáceis: A investigação do ConsumerLab da Ericsson mostrou que 67% dos utilizadores de smartphones estão interessados em pagamentos móveis. Estes não devem ser vistos isoladamente, mas antes colocados num contexto de compras no dia-a-dia, para consulta de informações sobre produtos, pontos de cartões de fidelização, recibos e até mesmo navegação dentro das lojas

9. Tudo se liga: Os dados móveis ultrapassaram a voz no quarto trimestre de 2009 e duplicaram os dados de voz no primeiro trimestre de 2011. Os consumidores valorizam cada vez mais a ligação à internet e possibilidade de interacção directa com tudo ao seu redor.

10. Tempos de incerteza: Consumidores lutam pelo controlo – Em tempos de instabilidade económica ou quando ocorrem desastres naturais deparamo-nos com um interesse renovado dos consumidores por serviços relacionados com utilities, como água e electricidade. Da mesma forma, uma mudança no rendimento disponível motiva um maior controlo no consumo de serviços por parte dos consumidores.

Ler Mais
Artigos relacionados
Comentários
A carregar...

Multipublicações

Human Resources
Estas 85 empresas procuram mais de 2500 novos talentos
Automonitor
Já conhece o “novo ingrediente” de Gordon Ramsey?