Conserveira do Arade: o Barlavento voltou a ter lata

Nas margens do rio Arade, há uma conserveira que tem lutado para recuperar uma indústria perdida no tempo. Chama-se Conserveira do Arade e lançou as primeiras latas de conserva do Barlavento algarvio em mais de três décadas.

Texto de Daniel Almeida

Terra de pescadores, marinheiros e bom peixe, o Algarve é das regiões que mais contribuiu para a dinamização da indústria conserveira nacional. No século passado, só na bacia do Arade chegaram a existir 23 conserveiras, responsáveis por mais de 28 mil empregos. A actividade foi decaindo a partir da segunda metade do século, no rescaldo da II Guerra Mundial, até ao ponto de nenhuma fábrica ter sobrevivido no Barlavento. Agora, a Conserveira do Arade procura reavivar a indústria, recuperando a tradição artesanal e o saber-fazer de outrora.

Para ler o artigo na íntegra consulte a edição de Dezembro de 2021 da revista Marketeer.

pub


Artigos relacionados
Comentários
A carregar...