Conselho Editorial: O futuro dos Media

Numa altura em que um dos temas prementes para os media é o crescimento do digital face ao eventual desaparecimento do papel, este foi um dos assuntos servido como prato principal no último almoço do Conselho Editorial da Marketeer. À mesa do restaurante Il Gattopardo do Hotel Dom Pedro Lisboa, foram diferentes as perspectivas ouvidas e partilhadas pelos conselheiros da Marketeer. Até onde é que pode ir o digital? Qual o investimento real que está a ser feito pelas marcas? Como sobrevive a imprensa escrita? E de que forma se pode definir a fronteira entre a publicidade a um produto ou a sua comunicação editorial? De uma forma geral, estas foram algumas das questões levantadas, sendo que, para a larga maioria dos presentes, não há grandes dúvidas de que os meios tradicionais continuarão a existir mas que terão, contudo, que se reinventar. Assim como, defendem, importa investir na qualidade do jornalismo, tendo em conta, também, a própria falta de sentido crítico da audiência.

O fecho das propostas para a conferência anual da Marketeer, que decorre no próximo dia 24, foi outro dos pontos da agenda.

Presentes estiveram Carla Cruz (CTT), Carla Vidal Marques, Fernando Oliveira (Mundicenter), Gonçalo Rebelo de Almeida (Hotéis Vila Galé), Inês Veloso (Randstad), Joana Garoupa (Galp), João Santos (Tempus), Nuno Pinto de Magalhães (Central de Cervejas), Patrícia Fernandes (Montepio), Pedro Mota Carmo (Nos), Pedro Rodrigues (Desafio Global), Rita Torres Baptista (Nos), Rui Miguel Nabeiro (Delta), Rui Rijo Ferreira (Jaba) e Tomás Pinto Gonçalves.

Artigo publicado na edição n.º 255 de Outubro de 2017.

Artigos relacionados
Comentários
A carregar...