Conheça os números do Web Summit Lisboa 2016

Finda a primeira edição do Web Summit em Lisboa, e com a certeza de que regressará à capital portuguesa nos próximos dois anos, resta fazer as contas e conhecer os números envolvidos naquele que é um dos maiores eventos de tecnologia e digital do mundo. Dados divulgados pela organização revelam que precisamente 53.056 pessoas de 166 países visitaram o Web Summit, sendo que o rácio de mulheres e homens foi de 42% e 58%, respectivamente.

As transmissões via Facbeook Live registaram quatro milhões de visualizações e, podem, agora ser revistas através da página do Web Summit. Quanto à aplicação do evento, foram trocadas mais de 1,8 milhões de mensagens e o tempo médio de cada sessão na app foi de 12,26 minutos.

O Web Summit indica ainda que a equipa do evento e organização percorreram, no total, o equivalente a 5081 maratonas durante os três dias – a noite de abertura não é contabilizada. Quanto à alimentação, foram consumidos 97 mil pastéis de nata.

O evento implicou ainda 37 mil quilómetros de cabo de fibra, o suficiente para subir ao Monte Evereste quatro vezes. Os 17 palcos tinham disponíveis cerca de 34.700 lugares para os participantes assistirem às palestras e sessões.

Na primeira edição do Web Summit fora de Dublin, 1490 startups de todo o mundo marcaram presença, bem como mais de 1300 investidores, 677 oradores e dois mil jornalistas. Ao todo, realizaram-se 650 sessões de Mentor Hour, onde empreendedores e investidores davam conselhos a startups.

Ontem, poucas horas antes de o Web Summit chegar ao fim, Paddy Cosgrave, CEO do evento, fez um balanço da experiência em Lisboa:

Recorde alguns dos principais destaques dos três dias de conferências:

– Web Summit: empreendedores são novas estrelas de rock;

– Web Summit: «Ad blocking foi uma chamada de atenção»;

– Web Summit: Como será o consumo de media nos mercados emergentes?;

– Web Summit: truques para apostar em conteúdos de vídeo;

– Web Summit: «Daqui a um ano vamos perceber o verdadeiro potencial da realidade virtual»;

– Web Summit: Estão os media dispostos a aceitar os anúncios “aceitáveis”?;

– Web Summit: quantidade supera qualidade?;

– Web Summit: qual o novo papel do CMO?;

– Web Summit: futuro de storytelling pode estar na realidade virtual;

– Web Summit: como vai a relação entre publishers e redes sociais?;

Web Summit: «Live events ajudam a tirar as pessoas do sofá».

Ler Mais
Artigos relacionados
Comentários
A carregar...

Multipublicações

Human Resources
O impacto da Inteligência Emocional nas empresas
Automonitor
História: O dia em que o Papamóvel foi salvo