Coca-Cola diz que para emagrecer não é preciso cortar nas calorias

A Coca-Cola quer provar que para emagrecer basta fazer exercício e que a redução do número de calorias ingeridas não está relacionado com o processo. Pelo menos, a um nível determinante. Para isso, anunciou que irá fundar uma organização de investigação cujo propósito será confirmar esta teoria.

«Precisamos de descobrir o que está realmente a causar esta epidemia e como podemos mudar a situação», explica a marca em comunicado, lembrando que o número de pessoas obesas com tendência para essa condição tem vindo a aumentar um pouco por todo o mundo.

Por agora, enquanto a Coca-Cola não tem dados concretos que suportem esta teoria, as afirmações da marca estão a gerar controvérsia por irem contra a grande maioria dos estudos científicos já publicados. Alguns meios de comunicação sugerem, inclusivamente, que poderá ser apenas uma manobra que vise descartar a Coca-Cola de qualquer culpa no aumento do excesso de peso.

De acordo com o The New York Times, o financiamento providenciado pela Coca-Cola para esta investigação já ascende aos 1,3 milhões de euros.

Artigos relacionados
Comentários
A carregar...

Multipublicações

Human Resources
Trabalhar apenas 5 horas por dia. Há empresas a testar o modelo com sucesso
Automonitor
Motul e Suzuki Ibérica assinam parceria