Coca-Cola desafia jovens a criar soluções para o cyberbullying

Durante um dia, 15 jovens norte-americanos estiveram em Nova Iorque para tentar resolver, ou pelo menos minimizar, os efeitos do cyberbullying. A iniciativa fez parte da campanha #MakeItHappy da Coca-Cola que, para esta acção, contou com o apoio da DoSomething.org, uma organização de voluntariado social.

À semelhança da campanha lançada recentemente por um grupo de marcas que resultou na criação de um emoji, também a Coca-Cola quis alertar para o bullying na internet e tentar sensibilizar as pessoas que assistem mas que não fazem nada para impedir os maus tratos. Segundo a DoSomething.org, 70% dos jovens já assistiu a um episódio de cyberbullying e 90% não tomou qualquer atitude.

O trabalho dos 15 participantes, todos eles vítimas de bullying em algum momento das suas vidas, resultou em várias aplicações, sendo que nenhuma delas foi declarada vencedora em detrimento de outra. Cada ideia foi premiada em categorias diferentes como Melhor Utilização de Tecnologia e Ideia Mais Original. Entre as aplicações sugeridas está uma que permite aos utilizadores fazerem elogios a outros e outra que suspende as contas das redes sociais de utilizadores que fizerem comentários negativos, segundo o Mashable.

Artigos relacionados
Comentários
A carregar...

Multipublicações

Human Resources
Desafio Global reforça equipa
Automonitor
Produção de carros em Portugal cresce 10% em setembro