Cinema em Portugal fecha 2018 em queda

Se 2017 foi um bom ano para o cinema em Portugal, o mesmo não se pode dizer de 2018. Considerando os 12 meses, verifica-se uma quebra de 4% na receita bruta (aproximadamente 78,4 milhões de euros) e de 5,9% no número de espectadores (cerca de 14,7 milhões).

De acordo com dados provisórios do Instituto do Cinema e do Audiovisual (ICA), a receita bruta caiu consecutivamente entre Janeiro e Julho, tendo registado um período de evolução positiva entre Agosto e Novembro. Em Dezembro, voltou a recuar. O número de espectadores passou por um cenário semelhante, com quebras em todos os meses, excepto Setembro, Outubro e Novembro.

“The Incredibles 2: Os Super-Heróis” foi o filme mais visto em Portugal, em 2018, tendo levado perto de 606 mil espectadores às salas de cinema. Seguem-se “Bohemian Rhapsody” (469 mil), “Hotel Transylvania 3: Umas Férias Monstruosas” (444 mil), “As Cinquenta Sombras Livre” (430 mil) e “Vingadores: Guerra do Infinito” (408 mil).

O top 5 dos filmes portugueses mais vistos do ano é encabeçado por “Pedro e Inês”, com cerca de 46,7 mil espectadores. Logo depois surgem “Bad Investigate” (45,8 mil), “Parque Mayer” (36,1 mil), “Soldado Milhões” (28,8 mil) e “Carga” (25,8 mil).

O ICA revela inda que a Nos Lusomundo mantém o posto de líder tanto no campo da distribuição como exibição, ainda que tenha registado quebras na receita bruta como no número de espectadores.

Artigos relacionados
Comentários
A carregar...

Multipublicações

Human Resources
Qual é, afinal, o papel do líder?
Automonitor
Maratonas condicionam trânsito em Lisboa (conheça as vias afetadas)