Cheetah e WildCat reforçam arsenal de robots da Google

boston_dynamics_2A Google anunciou que completou a aquisição da Boston Dynamics, uma empresa de robótica norte-americana que fornece robôs militares ao Pentágono. O negócio vem reforçar os planos da gigante tecnológica para desenvolver uma nova geração de robôs, um projecto liderado por Andy Rubin, o pai do sistema operativo Android.

A Boston Dynamics, sediada em Waltham, Massachusetts, ganhou notoriedade internacional por desenvolver robôs com uma grande capacidade de mobilidade, alguns dos quais destinados a ser utilizados num campo de batalha. O Cheetah, por exemplo, bateu este ano o recorde do robô quadrúpede mais rápido do mundo, com uma marca de aproximadamente 47 km/h – superior à do campeão olímpico Usain Bolt.

Do portefólio da empresa fazem ainda parte robôs como o WildCat, que é capaz de galopar a mais de 25 km/h, tendo sido pensado como um veículo de apoio terreno a tropas, o BigDog, que consegue subir colinas e atravessar terrenos acidentados, ou o Petman, um robô humanóide capaz de detectar ataques químicos. Alguns dos vídeos sobre estes robôs são muito populares na internet, registando milhões de visualizações.

De acordo com o The New York Times, a Boston Dynamics é a oitava companhia dedicada ao desenvolvimento de robôs que a Google compra no espaço de apenas seis meses, para dar apoio ao projecto de Andy Rubin. É, pois, um sinal claro de que a gigante da internet (que se escusou a adiantar os pormenores do negócio) está apostada em construir uma nova classe de sistemas autónomos, que podem vir a ser aplicados em diversas áreas, desde a distribuição em armazéns à entrega de encomendas online.

A Boston Dynamics foi fundada em 1992 por Marc Raibert, antigo professor do MIT – Massachusetts Institute of Technology. Ao longo dos anos, a empresa tem sobretudo fornecido robôs a clientes do Pentágono, como a Agência de Projectos de Pesquisa Avançada de Defesa (DARPA, na sigla original). Os executivos da Google já fizeram saber que pretendem cumprir os contratos militares já assinados, mas que este deixará de ser o principal mercado da companhia.

Veja aqui os vídeos dos robôs WildCat e Cheetah:

Ler Mais
Artigos relacionados
Comentários
A carregar...

Multipublicações

Human Resources
Human Resources ultrapassa marca dos 115 000 seguidores no LinkedIn
Automonitor
Vídeo: Mesa redonda da 2ª conferência do AUTOMONITOR