Ceravana desmistifica o tema do acne nas escolas

Em Portugal, 55,8% dos jovens com idades entre os 15 e os 29 anos sofrem de acne. Apesar de ser natural e comum, as estatísticas não fazem com que o acne seja indesejado e inconveniente pelos adolescentes. Ciente de que há muitos mitos associados à sua origem e tratamento e com o objectivo de educar e sensibilizar para conceitos e narrativas associados à patologia, a CeraVe tem a decorrer uma campanha educativa junto dos jovens

À boleia da Ceravana – uma caravana personalizada da CeraVe – desde o início desta semana e até hoje, cinco escolas básicas e secundárias de Lisboa, Porto e Coimbra têm estado a receber esta campanha, composta por dois momentos chave.

Num primeiro momento, através de várias sessões de apresentação ao longo do dia, conduzidas por um elemento da CeraVe, um dermatologista certificado explica a ciência por detrás da acne e apresenta mitos e verdades acerca do tema. A acção conta com o apoio científico da Sociedade Portuguesa de Dermatologia e Venereologia (SPDV). É ainda realizado um quizz na Ceravana, onde os alunos testam o conhecimento adquirido na sessão, tendo a oportunidade de ganhar produtos e amostras.

Sandro Cardoso, General Manager Divisão Cosmética Ativa L´Oréal Portugal, explica à Marketeer que a CeraVe é uma marca que tem a sua distribuição focada nas farmácias portuguesas. «Isto traduz-se num aconselhamento do profissional de saúde no local de compra ao qual os nossos consumidores se habituaram. O apoio científico e expertise da Sociedade Portuguesa de Dermatologia e Venereologia é de extrema relevância para nós já que credibiliza o projecto e permite que os jovens possam ter acesso a informação rigorosa e actual sobre o tema e, ao mesmo tempo, esclarecimento de dúvidas sobre a acne, com a presença de dermatologistas nas formações em escolas.»

Para chegar aos estudantes universitários e de forma a sensibilizar para a adopção de cuidados e estratégias adequadas, a acção é adaptada com a disponibilização de informação. O objectivo passa por dotar as gerações mais novas com informação útil e certificada, impactando mais de 10.000 jovens.

Sandro Cardoso salienta que o tema acne ainda é um tabu e isto revela-se na pouca proactividade dos jovens e adolescentes em procurar ajuda com dermatologistas. Por outro lado, lembra, «há um desconhecimento geral sobre acne, tipos de pele, bem como quais as melhores opções disponíveis para tratar do problema». O responsável acredita que se os jovens tiverem mais informação podem adoptar um comportamento mais adequado ao estado da sua pele.

Ler Mais



loading...
Artigos relacionados

Comentários estão fechados.