Central constrói portefólio de marcas

Saber encontrar o espaço para cada marca de cervejas, definir a sua comunicação, packaging ou patrocínios, é um dos trabalhos da Central. O mexicano Pedro Esquivel, director de Marketing Cervejas, garante que assim se conseguirá ganhar a médio e longo prazo.

Texto Maria João Vieira Pinto
Fotografia Paulo Alexandrino

Chegou à Central de Cervejas há cerca de um ano para assumir a direcção de Marketing do segmento cervejas e a responsabilidade pelo desenvolvimento e conclusão do seu portefólio. No país de origem, México, Pedro Esquivel trabalhou anos com marcas locais na Cuauhtemoc Moctezuma, até esta ser comprada pela Heineken. Uma experiência semelhante à que a Central viveu no mercado português e que o ajuda a estar quase “em casa”. Excepção para o facto de em Portugal se viver num mercado onde só existem duas marcas fortes de cerveja, enquanto no México há espaço para cerca de 12 relevantes!

Para ler a entrevista na íntegra, consulte a edição de Março de 2014 da revista Marketeer.

Artigos relacionados
Comentários
A carregar...

Multipublicações

Human Resources
Patrões portugueses são os menos instruídos da Europa
Automonitor
História: O dia em que o Papamóvel foi salvo