Carlsberg admite ter perdido o rumo

O lema da Carlsberg tem sido “Probably the best beer in the world”, apresentando-se ao público como uma das melhores cervejas do mundo – ou mesmo a melhor. Mas o tom da comunicação mudou: numa nova campanha, a marca admite que, afinal, provavelmente não é a melhor cerveja.

A mudança chega a propósito do relançamento da principal referência da marca no Reino Unido. Até aqui conhecida apenas como Carlsberg, a nova Carlsberg Danish Pilsner conta com uma nova receita e design. O objectivo é reposicionar a bebida, reforçando a origem dinamarquesa e as credenciais de qualidade.

Na campanha, a Carlsberg admite ter perdido o seu rumo algures pelo caminho. Diz a marca que em tempos terá sido, de facto, a melhor do mundo mas que o foco passou da qualidade para a quantidade, fazendo com que fosse apenas uma das mais baratas. Para resolver o problema, decidiu criar uma cerveja melhor do que aquela que produziam. Uma cerveja capaz de corresponder ao lema que envergavam há anos.

Segundo a revista Campaing, a campanha é assinada pela agência Fold7 e representa um investimento de 20 milhões de libras (cerca de 23,2 milhões de euros). A novidade diz respeito somente ao mercado britânico.

Artigos relacionados
Comentários
A carregar...

Multipublicações

Human Resources
Trabalhar apenas 5 horas por dia. Há empresas a testar o modelo com sucesso
Automonitor
Motul e Suzuki Ibérica assinam parceria