Carlos Slim investe no potencial publicitário da Shazam

carlos slim_2O magnata mexicano Carlos Slim, considerado o homem mais rico do mundo pela Fortune, decidiu investir 40 milhões de dólares (cerca de 31,1 milhões de euros) na startup que desenvolveu a aplicação móvel Shazam. O serviço, que permite identificar o nome de músicas que sejam captadas pelo smartphone ou tablet do utilizador, poderá ser alargado a campanhas publicitárias.

De acordo com a Business Insider, o movimento acaba por ser surpreendente, uma vez que Carlos Slim, que tem uma fortuna avaliada em 73 mil milhões de dólares (56,8 mil milhões de euros), não costuma realizar muitos negócios na Europa, onde apenas investiu na operadora dinamarquesa KPN e na Telekom Austria. Porém, o empresário mexicano, que construiu a maioria do seu império na América Latina (em áreas como telecomunicações, construção e banca) terá sido convencido por um dos proprietários da Shazam, o fundo de investimento Kleiner Perkins Caufield & Byers.

Com esta injecção de capital, a Shazam, sediada no Reino Unido, pretende acelerar a sua presença na televisão, onde será possível reconhecer a música de um anúncio de televisão e ter acesso à informação da marca à distância de um clique. O objectivo passa por ter a tecnologia disponível na Europa Ocidental e na América Latina – aqui pela mão da América Móvil, detida por Carlos Slim.

«Dentro de 18 meses esperamos que a televisão supere de forma significativa o negócio da música», assume Andrew Fisher, CEO da Shazam, citado pela Business Insider.

A Unilever, a Procter & Gamble e a American Express fazem parte do lote de empresas que já recorreram à Shazam em campanhas publicitárias na América do Norte, onde a companhia já factura dezenas de milhões de dólares só no negócio televisivo, adianta Andrew Fisher.

Por sua vez, Carlos Slim afirma que «a Shazam está a definir uma nova categoria de envolvimento de media que combina o poder do mobile com a publicidade e os meios de comunicação tradicionais».

Ler Mais
Artigos relacionados
Comentários
A carregar...

Multipublicações

Human Resources
Estes 10 benefícios vão ser os mais desejados pelos colaboradores em 2020
Automonitor
Os peculiares protótipos que a Daihatsu vai levar a Tóquio