Cáritas Portuguesa apela à erradicação da pobreza em campanha

Para marcar o Dia Mundial para a Erradicação da Pobreza, hoje assinalado, a Cáritas Portuguesa lança uma campanha que pretende sensibilizar os cidadãos e apelar a que assumam uma posição mais relevante na luta contra a pobreza nos dias de hoje.

Num relatório sobre insegurança alimentar, avançado este ano, a FAO – Organismo das Nações Unidas para a Alimentação e Agricultura, faz notar que existem 850 milhões de pessoas subnutridas.

A reforçar os números, o Papa Bento XVI afirmou que a fome «é o sinal mais cruel e concreto da pobreza».

Nesse sentido, a Cáritas reforça os “10 mandamentos” contra a fome, que surgiram no âmbito de um encontro internacional, promovido pela Cáritas Europa, em Viena, Áustria. Num documento intitulado “Um futuro sem fome”, são dez os tópicos que pretendem servir de exemplo de como actuar contra a pobreza. São eles: 1 – Contribui para que todas as pessoas tenham o suficiente para comer; 2 – Não cobices o pão do teu vizinho; 3 – Não guardes para ti os alimentos que fazem falta às pessoas necessitadas; 4 – Honra a terra e o trabalho para combater as alterações climáticas e para que todos tenham uma vida mais longa e uma terra melhor; 5 – Vive de acordo com o teu próprio estilo de vida; 6 – Não cobices a terra ou propriedade do teu vizinho; 7 – Usa a política agrícola para reduzir a fome e não aumentá-la; 8 – Toma uma atitude contra os governos corruptos e aqueles que os seguem; 9 – Ajuda a evitar conflitos armados e guerras; e, finalmente, 10 – Combate a fome de forma eficaz através da ajuda ao desenvolvimento.

«A Cáritas Portuguesa pretende que todas as pessoas repensem a sua atitude diária no que toca, por um lado, à sua postura em relação à luta pela erradicação da pobreza e, por outro, que tomem conhecimento e se tornem mais participativas na discussão pública sobre as políticas de erradicação da pobreza”, referiu em comunicado o presidente da Cáritas Portuguesa, Eugénio Fonseca.

Artigos relacionados
Comentários
A carregar...

Multipublicações

Human Resources
Seis hábitos que podem prejudicar a sua carreira e a sua reputação
Automonitor
Túnel do Marquês cortado no sentido Cascais-Lisboa devido a acidente