Campbell Soup usa a biometria para reposicionar a marca

campbellsO objectivo é fazer com que as suas vendas cresçam 2%. Para isso, e após alguns estudos ao longo dos últimos dois anos, a Campbell decidiu reposicionar as suas sopas condensadas.

Para o trabalho, a empresa Innerscope Research recorreu à biometria. Cerca de 40 participantes andaram com vídeo-câmaras ao nível dos olhos e usaram camisolas sensíveis a variáveis como a humidade do corpo ou a frequência cardíaca sempre que iram comprar sopas. No linear, apresentavam-se hesitantes face a tão alargada variedade de ofertas e, já aquando da selecção do produto, mostravam a sua resposta biométrica. As conclusões do trabalho ajudaram a marca a introduzir algumas mudanças.

Por isso, e já partir deste Verão, os consumidores dos EUA vão poder dar conta das alterações que afectarão 60% da gama de sopas condensadas: um packaging mais moderno, variedades mais saudáveis e um novo posicionamento….  A acompanhar, uma nova campanha publicitária que apresentará a sopa enquanto alternativa a outras comidas, mas saborosa e nutritiva.

Artigos relacionados
Comentários
A carregar...

Multipublicações

Human Resources
Pela primeira vez, há uma portuguesa a presidir a Multilaw
Automonitor
Via Verde Estacionar chega à Maia