Caixa de Música no Rock in Rio

CGD_RIR_2A Caixa Geral de Depósitos foi esta manhã apresentada como patrocinadora do Rock in Rio, juntando-se assim ao Continente, EDP e Heineken na lista de patrocinadores oficiais para a edição de 2014. Todos os patrocinadores oficiais e o patrocinador principal, a Vodafone, têm o direito de usar estes títulos na sua comunicação até ao evento.

Recorde-se que até à edição de 2012 o patrocinador principal do evento, desde a sua entrada em Portugal há dez anos, era o Millennium bcp.

Francisco Viana, director de Comunicação e Marca da Caixa Geral de Depósitos, acredita que «o Rock in Rio vai acrescentar valor à marca Caixa». Aliás, o mesmo profissional está confiante que com o Rock in Rio a Caixa vai continuar a trilhar o seu caminho de forma a conseguir ser vista como uma marca positiva, optimista, inovadora e próxima das famílias. «O Rock in Rio é dinamizador da economia portuguesa e a Caixa – como tem sido claro na nossa comunicação – quer ajudar os portugueses a dar a volta», acrescenta o responsável da instituição. E Roberta Medina, vice-presidente executiva do Rock in Rio, sublinha: «Segundo um estudo da Universidade Católica, o retorno para a economia com o evento, dentro do recinto, excluindo todos os impactos envolventes, é de 63 milhões de euros!» Aliás, esta profissional garante que o entretenimento é das indústrias que mais movimenta a economia no mundo.

Por revelar fica a forma como a Caixa pretende fazer a activação da marca antes e durante o evento. Certo é que haverá um espaço Caixa de maneira a receber convidados e dar a conhecer a instituição a todos aqueles que a conhecem pouco. De resto, um posicionamento em linha com a presença que a marca teve durante o ano de 2013 nos vários festivais em que foi patrocinadora. De parte está já a presença do Hostel (que esteve no Sudoeste e no Super Bock Super Rock), até porque, recorde-se, a Vodafone tem tido nas últimas edições do evento na Bela Vista o seu hotel que em 2012 foi denominado “Vodafone 5 Estrelas”.

O patrocínio da Caixa está assegurado apenas para a edição de 2014, tal como os dos outros patrocinadores anunciados anteriormente. «Mas os patrocinadores que estão connosco numa edição têm sempre prioridade em continuar connosco para a edição seguinte», garantiu Roberta Medina. E acrescentou: «A Caixa ficará com o Rock in Rio enquanto quiser e puder.»

Escusando-se a revelar o montante que a CGD investiu neste patrocínio, Francisco Viana garante que não representa um aumento do budget de comunicação para 2014. Aliás, assegura, «de 2012 para 2013 a Caixa reduziu o seu budget de comunicação em 7% e para o próximo ano a redução deverá cifrar-se nos 6%; se olharmos mais para trás verifica-se uma queda de 50% nesse budget de 2008 para 2013». Ou seja, o território da música tem estado a incrementar o seu peso, mas o budget global tem estado a encolher. No entanto o mesmo responsável garante que a marca tem conseguido fazer mais com menos. «Cada investimento que fazemos é muito ponderado e o seu retorno analisado de forma minuciosa», diz Fancisco Viana não revelando quais os festivais em que a marca se vai manter. «A nossa vontade é de nos mantermos em todos», comenta.

Agendado para os dias 23, 25, 30 e 31 de Maio e 1 de Junho de 2014, o Rock in Rio-Lisboa regressa à capital no Parque da Bela Vista. Estão já confirmadas as presenças de Robbie Williams no dia 25 de Maio, de Arcade Fire a 31 de Maio e de Justin Timberlake a 1 de Junho. Os bilhetes para a edição do próximo ano vão manter-se inalterados, no valor diário de 61€.

Texto de Maria João Lima

Ler Mais
Artigos relacionados
Comentários
A carregar...

Multipublicações

Human Resources
A sua empresa pode fazer sorrir crianças hospitalizadas. Saiba como.
Automonitor
Novo Alpine A110S pronto para encomendar em Portugal