C&A dá nova vida à roupa que os portugueses já não querem

A estratégia de moda circular da C&A dá mais um passo em Portugal e Espanha. A partir de agora, o programa “We take it back” está disponível em todas as lojas da marca holandesa na Península Ibérica, o que significa que os consumidores podem entregar peças de roupa que já não usem para que estas ganhem nova vida.

Vestuário, têxteis domésticos e calçado fazem parte da lista de artigos que os portugueses e espanhóis podem deixar nas lojas C&A, em caixas de recolha instaladas especificamente para o efeito. Em colaboração com a I:Collect, a marca dará, depois, um novo destino às peças, que poderão ser reutilizadas ou recicladas, consoante o estado em que cada uma se encontre.

Segundo a C&A, com base nos resultados verificados nos restantes mercados onde o programa “We take it back” já estava disponível, cerca de 60% dos artigos recolhidos nas lojas são redistribuídos como produtos em segunda mão. Os restantes seguem, regra geral, para reciclagem, convertendo-se em novos artigos: os têxteis absorventes, por exemplo, são utilizados para fabricar panos de limpeza, ao passo que os botões e fechos são separados para uso na indústria metalúrgica. Até o pó que resulta do processo de reciclagem mecânica é prensado em briquetes para a indústria de papelão, revela a insígnia.

«Com esta iniciativa, pretendemos que o nosso sector passe de um modelo de negócio de ‘fabricar, usar e deitar fora’ para uma estratégia em que cada nova peça seja desenhada para uma próxima vida», comenta Jeffrey Hogue, global Chief Sustainability Officer da C&A.

Artigos relacionados
Comentários
A carregar...

Multipublicações

Human Resources
Estes 10 benefícios vão ser os mais desejados pelos colaboradores em 2020
Automonitor
Os peculiares protótipos que a Daihatsu vai levar a Tóquio